segunda-feira, 18 de maio de 2009

Gerúndio

Li que o segredo de manter-se jovem é "viver no gerúndio". Refleti nesse momento. Confesso que nunca entendi o que é "infinitivo pessoal", "participio", "impessoal"... etc, etc... toda essa parafernália de conjugação de verbos que no colégio só me fez esticar cada vez mais os "olhinhos" pra prova do coleguinha ao lado... enfim... cresci, e quando penso que me livrei dessas conjugações todas... eis que leio isso: viver no gerúndio.

Lá fui eu "jogar no google" o tal de gerúndio... claro... mais uma daquelas palavras que a gente quase fala diariamente mas não sabe o seu devido nome... o seu significado.

Gostei... não sei se estou certa... mami que me perdoe... (ela é prof. de português), mas pelo que entendi "basicamente", é quase tudo que termina com "endo".... sorry, sorry, sorry se não for isso e vc que está lendo esse post está com uma vontade enlouquecida de me matar... Dios mio...

Mas enfim... claro... concordo plenamente, e porque não? O segredo é não parar nunca, ou seja... estar sempre fazendo alguma coisa, aprendendo alguma coisa, vivendo tal fato... e para a terceira idade isso deve ser uma rotina diária imposta por si mesmo e não pelos outros.

Muitas vezes a gente reclama de quanta coisa há pra fazer... eu sou uma... nunca tenho tempo pra nada... e quando vou ver realmente o que o meu gerúndio está fazendo... dou de cara com ela: a preguiça... Tá certo que não sou uma preguiçosa 100% do meu tempo... mas muitas vezes não consigo expulsar ela da minha vida.

A preguiça é, com certeza, o boicote ao gerundio de nossas vidas... por ela a gente fica no "particípio": vivido, aprendido e afins... nos limita a esse tempo verbal... enquanto que a idade vai passando e o gerundio nos chamando... cada vez mais longe, mais longe... que só ouvimos uma vozinha no fim do túnel...

Não sei se posso chamar de preguiça o fato de despender quase 2h por dia lendo livros em vez de estudar pra uma prova que a cada 3 meses se repete... e sempre rodo. A preguiça realmente me boicota nesse sentido... pois literalmente não aguento mais ter que pensar em estudar para aquela prova... tenho horror as três letrinhas que classificam a minha "classe profissional".

Não sei o que é pior... se é a preguiça que me chama ou se é eu que invento desculpas pra enfrentar o monstro da minha vida. A realidade é que o fato de sermos jovens... nos limita a ficar protelando o futuro... só que os anos passam...

Seria tão bom viver no gerúndio todos os dias das nossas vidas... o problema é que a correria não permite, a limitação diária não permite, o costume não permite... o que é permitido é somente o básico: "trabalhando".

Concordo que o segredo de manter-se jovem é viver no gerundio, é poético... mas isso é pra quem já é aposentado, tem seus filhos criados, tem sua situação financeira dentro do controle, talvez quando eu chegar lá... eu possa fazer o que realmente gosto fazer: ler livros e mais livros, viajar e gerundiar muito por aí...

No momento só me resta enfrentar os meus próprios medos, para mais tarde gerundiar de fato.

Nenhum comentário: