sexta-feira, 26 de junho de 2009

Ele se foi




Michael Jackson is dead.

Não tenho nenhum CD dele, nunca fui fã fanática, não sei quantos CD's ele teve, não sei a trajetória de vida, aliás, não sei nada.

Só sei que quando eu era pequena, muito nanica, simplesmente adorava ver o clip de "Trailer", tentava imitar fazendo unas cabelos malucos e usando maquiagem da minha mãe, e lá ia eu, na frente do espelho tentar passos iguais. E aquela música "Ben", que era de um filme muito tosco "Rato Assassino", mas que minhas tias eram fascinadas. pela música. E aquelas dancinhas então...

Depois adorei quando ele veio pra cá, fazer clip com toda aquela batucada do Olodum. Amei aquelas batucadas. E cada vez que eu via ele na Tv ou em algum lugar, eu ficava pensando "bah, ele tem o dom da coisa", apesar de nunca ter comprado nada...

E dele, só sei disso, do quanto eu ficava faceira ao ver o tal do clip, das batucadas, e uma vez ou outra via notícias pelos jornais e pela TV sobre ele, o que sempre achei uma palhaçada, pois pra mim, mesmo eu não sendo uma fã-louca, ele é o único artista que marcou época, me lembro que todo mundo falava nele.

Lembro quando eu era pequena e andava pelas Lojas Americanas, todo mundo estava enlouquecido atrás de LP dele. Só se falava nele.

Mesmo depois de não se falar tanto, eu acredito que a obra dele ainda está viva, pois em um mundo competitivo onde a cada dia surgem novos cantores, novas musicas e novos grupos, ele ainda é lembrado, as músicas dele ainda são tocadas e isso fica muito acima do holofote sobre sua vida privada.

Se ele foi doente ou se não foi, se abusou de criancinhas ou não abusou, se foi insano ou não foi, se casou ou não, se ficou branco ou preto... olha... isso pouco me importa.

O que me importa é que o cara realmente foi um artista e tanto, e suas musicas, seus clips, a vendagem de milhões de álbuns e cd's... duvido que algum artista daqui pra frente se iguale a ele.

E é por esse motivo, que acho ridiculo o pessoal fazer piadinhas de mau gosto, achando que está abalando, principalmente agora que está tão em moda essas comédias Stand-Up.

Ele se foi, mas sua obra vai permanecer eternamente.

Se tiver tempo.... vale a pena dar um olhada no Blog do Cortez, integrante do CQC.

4 comentários:

Hermilaine disse...

Passei para visitar e gostei muito.Vou seguir teu blog tá?Tenha um ótimo fds.

Cassiano disse...

Cuidado, vc está sendo seguida...hahaha.

Bjo

Danilo B. disse...

Ele se foi, mas outros virão... como os padres pedófilos por exemplo. Hahahaha! Eu faço piadinhas mesmo.

O cara morreu faz tempo. Não gravava mais nada, não fazia mais shows, nem saía de casa e ninguém sentia falta. Agora só pq ele morreu pra valer, pq ficar se lamentando?

O sucesso que ele fez foi imenso e suas músicas eram, há 1 mês, exatamente o que são hoje: lembranças (boas, admito, mas apenas lembranças). Mas nada mudou com a morte dele.

Quer dizer, mudou sim, algumas milhares de pessoas que pagaram caro pelo ingresso dos seus shows em Londres agora ficarão entre a cruz e a espada, entre pegar o dinheiro de volta ou guardar o ingresso como lembrança de um show que nunca mais acontecerá.

Rê :) disse...

Hahahahahaah! Ok! Pelo menos tu concorda que as musicas dele são boas lembranças! Bjos