segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Entrevista de Emprego


E daí que odeio entrevistas de emprego. Não estou desempregada (ainda), mas como toda boa brasileira... eu não desisto nunca e luto pelo melhor (um melhor emprego, uma melhor vida, um maior aumento no bolsa familia, uma previdência fajuta, um pedaço de reforma agrária etc, etc!!!!!).

E então que por mim, eu passaria meus dias livre, leve e solta. O que significa andar de tênis (inúmeros All Star), camiseta branca (amo), jeans, acessórios pra lá de extravagantes ou então inúmeros vestidos, vestidinhos... resumindo... tudo aquilo que não é adequado usar dentro de um escritório.

Pois bem... odeio entrevistas e odeio roupa pra trabalhar. O que isso tem em comum: a porcaria da vestimenta.

Explicando, eu queria saber quem foi o infeliz que disse que pra um ambiente formal, a mulher deve ir na entrevista com aquele coisa jeca que chamam de terninho???? Odeio terninho! Quem inventou isso, só pode ser alguem com muito ódio da mulher, pois fica parecendo uma Liza Minneli em seu show na Broadway, um troço brega, ridiculo. Aquela coisa estapafurdia, aquela coisa que não dá pra distinguir de longe se é homem ou mulher que tá vindo, aquela coisa reta e sem graça. E as cores? Preto/cinza e cor de caganeira... porque não vem me dizer que aquele marrom é chique, porque ser chique é muito relativo.

E quem foi que disse que usar um brinco grande, pulseiras e correntes/colares não é adequado? Logo eu, que amo brincos! Amo argolas e brincos enormes! Porque que pra ser entrevistada tem que usar acessorios "discretos"? Por um acaso eu vou enfiar meu brinco na guela de um cliente pra ele calar a boca?

As unhas, li que a mulher deve ir na entrevista com unhas cor de renda ou vermelho escuro. Qual o problema com as outras cores? Por um acaso o entrevistador só consegue distinguir essas duas cores? é bicolor? Ele tem trauma com as outras cores?? Qual o problema do meu esmalte rosa??? Que eu saiba, minhas unhas não são carimbos, posso pintar de tudo que é cor que o esmalte não vai se dissolver aos poucos conforme o manuseio de papéis.

O cabelo! Alguém me explica qual o problema que tem a minha macega ondulada-indefinida? Porque nas entrevistas é preferível o liso? Quem foi que disse que cabelos ondulados é sinal de pessoa não organizada? Que eu saiba é sinal de genética, e de genética ruim! Quem foi que disse que cabelo liso é sinal de pessoa organizada e cuidadosa? Quem foi a anta que estipulou um criterio ridiculo desses?

Porque eu tenho que falar sobre todas as minhas qualidades? Não vivem dizendo que falar demais sobre si própria causa inveja alheia? E quem não tem mega-qualidade? Vai fazer o que? Viver de faxina/lixeiro/limpador de vidros/servir cafezinho??

E porque eu tenho que explicar porque me enquadro perfeitamente na vaga? Já não basta eu ter me candidatado a essa vaga? Não basta eu estar ali, na frente da anta-entrevistadora?

Mas o pior de tudo, porque eu tenho que explicar pra alguém que nunca vi na vida, tudo o que eu almejo profissionalmente, quais são meus planos de vida, objetivos e etc? Quando eu era criança, me ensinaram a não falar com estranhos, muito menos falar da minha vida.

Alguém tem alguma explicação lógica pra todas essas regras ridiculas de entrevista de emprego???

Acho que vou fazer que nem uma amiga minha, antes de ir pra entrevista ela tomou um copo de vinho, halls na boca (escondido, porque doces são proibidos na entrevista, já nao basta te expor totalmente naquela situação constrangedora, tu ainda não pode sequer faz jus de um chiclete, de uma balinha) e foi selecionada para a vaga.
Falem vcs também, o que já passaram nessas invasões de privacidade!


Odeio entrevista e pra mim é sinonimo de invasão de privacidade. Pronto, falei!

43 comentários:

Tiago disse...

Mal necessário pra quem tá desempregado...ou formata-se ou...rsrs

Crueldade, mas o mundo é assim...

Pica-pau rules!!!

Beijinhos!!

DESASSOSSEGADA disse...

Nao sei como esse bicho funciona afinal meu unico emprego é esse que estou a milhares de anos e que foi meu chefe que mandou me chamar nem me lembro com que roupa, cara, cabelo, unha e calçado fui... so lembro que fui e estou la até hoje...

Eu sou o GOOGLE disse...

VOU TE DIZER RÊ, NUNCA PODERIA TRABALHAR EM ESCRITÓRIO, COISAS CORPORATIVAS, COM DINÂMICAS DE GRUPO, ETC, TENHO PAVOR...POR ISSO VOU SEGUIR CARREIRA ACADÊMICA...DOU MINHA AULINHA, PARA ALUNOS, NA SUA MAIORIA INTERESSADOS...E QUANDO MUITO, UMA REUNIÃOZINHA DE DEPARTAMENTO...NA QUAL PODE-SE ENTRAR MUDO E SAIR CALADO. NADA COMO SER PRATICAMENTE AUTONOMO...PRATICAMENTE COM ESTABILIDADE, HAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA, BJS...PENSE, VC E JOVEM , AINDA PODE MUDAR SUA VISA...QUER DIZER...SUA VIDA!!!

Luna Sanchez disse...

Pois é, Rê...

Manter a sobriedade durante uma entrevista de emprego é uma forma de fazer com que as qualidades profissionais da pessoa apareçam mais do que o estilo pessoal. Sei que é chato, principalmente pra quem não gosta desse tipo de roupa, e tal.

Na minha área tem muita liberdade, mas eu, que sou fresca de tudo, que não gosto de usar tênis, e que sempre uso esmalte clarinho ou vermelhão, acabo, do jeito oposto, ficando diferente do pessoal do trabalho, que se veste de um jeito mais largado ou mais extrovertido.

All Star é o que predomina por aqui, mas eu sou mais os meus saltinhos...rs.

Beijos,

ℓυηα

pequena disse...

Engraçado é quando eles acham que a gente tá pedindo favor ou é morto de fome e vai trabalhar por qualquer tanto rsss

bjos flor e boa semana!

La Sorcière disse...

Ahhh querida....seus textos trazem um frescor, são uma delícia de ler! Além do que, são super engraçados!!!
Mas vou me permitir discordar um pouco de vc....entrevisto muuuuitos dentistas para contratações emergenciais (de resto, todos são concursados, como eu)e a aparência conta sim. Não o cabelo, ou se é gordo demais, ou se é bonito ou feio (se for bonito, as outras dentistas me agradecem felizes!!!)mas já dispensei uma que veio para a entrevista com o umbigo de fora e o decote no mesmo umbigo...inapropriado para atender um paciente (digo se debruçar e quase deitar em cima do paciente, esta é a posição que um cirurgião-dentista trabalha)Reparo na limpeza dos sapatos e do branco da roupa branca (se bem que ninguém mais usa branco para trabalhar...e vir para uma entrevista com aquela roupinha branca manjada.....ponto negativo)a apresentação pessoal na área da saúde é tudo: não basta estar limpo, tem que parecer limpo também!
Beijos para minha bailarina saltitante de cabelos rebeldes!!!!

Gisa Dias* disse...

Eu sempre vou apreensiva para entrevistas... mas não sigo regras, só procuro não ir brega ou vulgar... o resto? O resto não sgi, pinto a unhas da cor que eu quiser... terninho, nuncaaaa!
hehehehe
o que vale é o conteudo pessoal e profissa!

bjokas*

Mme. Mean disse...

Olá, querida! Obrigada pela visita e pelo comentário. Seria preciso você depositar metade do valor como sinal (para eu encomendar de Londres) e a outra metade quando o produto chegar.

Encosto de Bette Davis: disse...

Menina porque você não fez zootecnia, aí vc pode ir trabalhar de macacão, bota sete léguas, quiçá uma havaiana azul e branca. ahuauhua Mijay de rir do entrevistador daltônico, só destingue duas cores. hauahuhauhuah Mas menina esse negócio do vinho é bom demais pra soltar o nosso melhor, não é a toa que as meninas que vão pousar pra playboy tomam umas tacinhas... ahuahuha Beiijo

Rachel Chagas disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Rachel Chagas disse...

Deixa eu te falar , Rê que, aaaaaamo ALL STAR e, uso meeesmo pra vir pro escritório. Realmente não é o meu ALL STAR ou, meu cabelo (que não é nem liso, nem chacheado, nem ondulado, é tudo ao mesmo tempo e, depende do dia), ou minhas roupas NADA chiques que vão me definir, é o meu empenho no trabalho e o que eu tenho em mente, pra fazer a empresa ir pra frente, pra me fazer se notada e, consequentemente, crescer.
A única entrevista de emprego em que me vesti de terninho, cabelo SUPER PRESO, calça risca de giz e, blá, blá, blá... acabei desitindo e não fui.
Bom, de qualquer forma estamos empregadas não estamos?! E se conseguimos esses empregos é por que devemos ser boas no que fazemos e, assim, novas portas sempre se abrem com, ou sem terninho!!

Adoooro!!

Beijão, fica com Deus

Yumi disse...

^^



Hahahahahaahahahaha!!! Adooorei o post!!! Ainda não passei pela fase de entrevista de emprego, mas já tive que remodelar meu guarda-roupa que só tinhas blusas pretas, saias ultra-curtas e diferentes, meias 3/4 coloridas, sapatos de boneca para uma coisa bem sem graça com blusinhas normais de botão, calças comportadas e no min um tênis normal. Pq se eu for usar minhas roupas criativas meu cliente sai correndo e não confia seu cachorrinho pra mim T.T Quem inventou essas convenções idiotas? Qm inventou que uma pessoa com piercing, tatuagem, saias legais não pode ser uma médica responsável e confiável? ARGH!

Twilight disse...

Tenho uma boa justificativa pra ti querida. Os entrevistadores que vc pegou não sabiam o que estavam fazendo, definitivamente.
Sou membro do RH de uma empresa e te garanto que as coisas não são bem assim.
Essas 'regrinhas' é o povão que inventa. Ninguém conhece uma pessoa pela cor de esmalte. E nós somos mais espertinhos do que a maioria das pessoas pensam, a gente sabe que as pessoas vêm fantasiadas para a entrevista, além de ser ótimos atores!
E o mito do RH continua!haha
Apesar de tudo, divertido seu texto!

Desabafando disse...

ahahahaha....adorei...tb detesto isso de ter que impressionar mais pela aparência do que pelo nosso conteúdo. O que detesto mesmo em entrevistas de emprego é ter que fazer parte de dinâmicas de grupo totalmente sem noção: explique porque você é melhor que o fulano ao seu lado? explique como você se sairia dessa situação? ou ter que responder coisas do tipo (por escrito): se vc fosse um animal, que animal seria? rsrsrsrs....que importa isso? diabos, estão aqui pra avaliar se eu sou fiel como um cachorro, se sou ambiciosa como um leão, se sou avoada feito um passarinho ou a minha inteligência....rsrsrsrs...
minha psicóloga deu a dica de passar a responder cachorro...e que tb acha um absurdo esse tipo de avaliação...pelo menos é melhor que o passariinho que eu sempre respondo...afe..falei demais...kkkk
tem selinho pra vc lá no meu blog...passa lá!

Juliano disse...

oaksosakodksaodksdas eu ri muito lendo esse post !

P.S: Se tem alguma coisa que nunca sai de moda é: All star (qual quer cor eu gosto do roxo, Jeans ( de preferencia surrado aoskdoksado) e camiseta preta ou branca... Isso sempre será moda !

Bjoooos RÊ

Desabafando disse...

ah...só mais uma coisinha que esqueci...tb detesto terninho...já experimentei alguns e como parece que não sou eu quem está dentro deles....nunca comprei....me recuso a usar...recuso mesmo! kkkkk...

Wilian Bincoleto Wenzel disse...

HAHAHA'

Caraca... digamos que você tenha algum tralma de alguma vez que foi a alguma entrevista! =P

Sim, os padrões para entrevista são um pouco exacerbados. Poderiam deixar o candidato um pouco mais à vontade. Mas a vida é uma chatice, vivemos de padrões... >< Pelo menos para alcançar alguma posição boa. Mas siga o conselho do meu professor... "Enquanto você está embaixo siga as regras. Quando se está lá em cima é você quem dita as regras, sua hora irá chegar"

Umbeijochecha e uma ótima semana! ;*

p.s: Que bom que gostou do último post. Já estava na hora deu tomar uma decisão! (;

Nana Cawaii disse...

Oi!!!!

Eu acho, que entrevistas dizem alguma coisa sobre você....mas como através de entrevistas, de perguntas, sobre sua vida, experiências, e todo aquele blá blá blá, indica que vc é o candidato correto ao cargo?
Pq não fazem testes ou algo, né.....
E quanto a ser ou não invasão de privacidade, depende de como a entrevista é levada e é feita, se o entrevistador perguntar algo que não agrade, basta desconversar ou simplesmente não dizer....hahaha, mas eu entendo esse modo que vc visa, e concordo em certos pontos sim!
Agora que um simples blá blá blá, indica que vc é melhor que outro concorrente....sei não....esse modo de recrutar pessoas é tão estranho para mim...mas isso no meu mundinho, ok?

Adorei aqui viu! ^_^

Beijos e ótema semana!

Twilight disse...

HAha, sem problemas.
Eu sei que somos uma raça odiada!hahah
Beijos

Kesy disse...

É... nunca passei por uma entrevista de emprego... e não sei se um dia vou passar... pretendo trabalhar pro SUS, acho que não tem entrevista, só concurso mesmo... mas vai saber o que a vida nos espera né...

Aí que concordei com td que vc disse, mesmo não tendo passado pela situação! Terninho cor de caganeira ninguém merece!!! hauahuahaua

O fato é que mesmo todo mundo dizendo que admira pessoas por sua individualidade e profundidade, sempre há uma primeira impressão a ser causada... e acho que eles pensam que se vc não consegue fazer este esforço nem numa entrevista de emprego, quem dirá se conseguirá passar pelas adversidades mais que o emprego vier a causar?

Bom, mas boa sorte e que vc encontre o tão sonhado emprego melhor!!!

Beijos

Ticinha disse...

Muito engraçado seu texto. Sou gerente de rh e também acho que algumas coisas em entrevistas são exageros mesmo.
Obrigada pela visita lá no meu blog.

Bjossss

Gabriela Castro disse...

Não basta os estresses normais que passamos na entrevista, ainda temos que nos preocupar com todas essas outras coisas.
Adorei o seu blog!
beijos

Livre Pub disse...

Odeio formalidades! E as pessoas não gostam e insistem nisso? Acho que é uma espécie de masoquismo!

Felicia disse...

Ai, 'Jésus', me senti uma caretérrima lendo este texto, hahahah !!!
mas não sou assim, snif, snif !!
mas são preceitos de uma sociedade moldada..
atuo muito junto ao campo jurídico, onde os terninhos são o paraíso de um escritório jurídico, rss..
Mas realmente há um excesso no ambito da aparência, por isso se criam estes clichês!

Mariane disse...

Oi Rê..como sempre seus textos me tiram boas risadas... bem, eu sou educadora de um curso que ensina como se comportar em uma entrevista de trabalho, e sempre falo muito em outros cursos que ministro sobre Marketing Pessoal. Já fiz algumas entrevistas e tive que dispensar algumas pessoas com roupas rasgadas, barriga de fora, não é questão de aparência, nada contra os brincos, roupas coloridas, unhas rosas, mas o perfil do profissional tem que mostrar discrição, imagina você atender um cliente com a barriga de fora, falta até de ética. Algumas profissões não exige uma maneira adequada de vestir, mas infelizmente a maioria tem esse padrão...

Boa tarde pra vc...

Bjos!!!

CooKie disse...

qm é que gosta para falar a verdade??
vc tem que mostrar tudo o que sabe sob pressão!
horror!

Felicia disse...

oi, tem um selinho no meu blog pra ti !
bjs

Soraia Alves disse...

hahahahaha...muito bom.
Hoje mesmo conversando com a minha mãe, disse que se eu tiver que trabalho em um lugar que exige uniforme, já não trabalho.
Mas a do cabelo foi a melhooooor..hahahaha é sinônimo de genética, e genética ruim!
hahahahahahahaha
amei!

beijooo

Milena' disse...

Ainda não tô na época de entrevistas de emprego, mas acho que quando chegar a hora não vou seguir a maior parte dessas regras. Ninguém me priva da minha unha laranja, hehehehehe
:*

Dea アンドレア disse...

Re, eu gosto de terninho rs...
quer dizer, sempre usei para trabalhar, agora não mais...mas tem umas regras ridículas mesmo, vc tem razão.
Ahhh, aq não vi ninguém de topless não rs...
ainda bem

Mônica disse...

Vc iria adorar o local aonde trabalho! Lá vale tudo ( até barriga de fora) e antes que pense que trabalho em uma casa de convivência hahaha trablaho numa loja de informática!

bjos

Boa sorte com as entrevistas ( e quem é que não odeia?!)

Carol Dornelles disse...

Nossa...bombou de coments hein!?

Como sou uma pessoa legal...vim aqui te falar que tá rolando sorteio lá no Puro Glitter!

Copie e cole no seu navegador: http://puroglitter.blogspot.com/2009/08/parceria-sorteio.html

Beijo!

Elisa no blog disse...

Hoje ouvi dizer que saltitar deixa a pessoa mais centrada. Experimentei pular. Achei que a tensão sai da cabeça e vai embora. Experimente quando estiver tensa.
Aqui no Japão as pessoas vão vestidas iguaizinhas nas entrevistas. Pareacem clones.
bj,
Elisa

Renata disse...

Oi Rê!!1

Também não gosto nada de entrevista de emprego (graças a Deus, estou trabalhando e num locla legal), mas para mim pior que a entrevista são aqueles testes psicológicos que parcem não fazer sentido nenhum...é um tal de fazer desenhos, fazer um monte de traçs em um folha que parece não ter fim, ou ainda ter que ver alguma coisa lógica em um borrão de tinta...simplesmente detesto..

Adoro seu blog e seus post, você é uma pessoa iluminada..

BJ

°•~ ∂ąnnι °•~ disse...

Nossa!

Que blog bonitinho, todo coloridinho... Amei!
Dá uma sensação boa!...
Voltarei mais vezes!

Bjs!

Danni.

=)

Luh* disse...

Gostei do blog, bem colorido né?!
nunca fiz entrevista para emprego! mais deve ser um cu né!?
beijos

*tô seguindo

Brecho Juci disse...

Calça da Carmim e Dolce Gabbana na promoção!
Não perca

http://brechojuci.blogspot.com

Beijos
Juci

Twilight disse...

Não conheço esse teste. Mas vai dar certo sim!
Tô na torcida!
=)

Ticinha disse...

O VECA é um teste desenvolvido para mapear suas competências gerenciais e administrativas. Ele define quais você tem excesso e quais você ainda precisa desenvolver. Além de analisar também seu perfil com foco em relacionamento. Se as competências que sobressairem no teste, for o que a empresa definiu para o perfil da vaga, então o candidato tem chance.
Boa sorte!

Tô denvolvendo um blog com dicas de rh. Depois passo aqui pra divulga-lo.

Bjosss

Dea アンドレア disse...

POxa Re, se vc é magra, ai que fica linda em tudo rs...
Estou torcendo, hein?
Bjos

Madame Mim disse...

Tem algumas coisas que o povo não podia perguntar, como se a mulher está pensando em ser mãe ou se a pessoa tem problema de sáude preexistente.Mas eles não estão nem aí, né, picotaram a Constituição e fizeram carnaval com os pedacinhos.
Sorte pra ti, viu, espero que consiga a vaga.
bjos

Lucas Lima disse...

realmente é uma completa falta de noção, rs, nunca passei por isso, mas sempre que ouço falar peço detalhes para usar em minhas observações posteriores, rs
Bons Dias

Ericka Marta disse...

Estou passando pelo mesmo dilema...tenho uma entrevista hoje e quero ir de terninho rosa...acho que mudei de idéia,rs..