quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Esquadrão da Ditadura


Daí que nunca tinha parado pra ver aquele programa "Esquadrão da Moda" do SBT. Acho aquela muher que apresenta lindíssima, a tal de Isabella Fiorentino.

Now, tudo bem que um programa desses quer ajudar pessoas a se produzirem adequadamente com sua estrutura de corpo, ou seja, pessoa elefanta não pode usar roupa justa e pessoa magrela, pode usar de tudo, com um porém: tem que ser elegante.

Acredito que realmente tenha pessoas que não sabem se vestir ou pior ainda: ao se olharem no espelho, simplesmente não percebem defeito algum no corpicho. A obesa se acha a Miss, a magrela flácida se acha tonificada e a meio termo se acha uma atriz global.

Então que achei ridiculo algumas coisas:

- Florzinha na unha: segundo o "Esquadrão" não pode. Como assim não pode? Tá certo que não somos que nem as japas, como nesse post que a Dea postou aqui!
But, e daí que eu queira colocar uma maldita flor na minha unha com pé de sapatão (calço 39) ou então uma mísera flor na minha unha com dedos de pianista? E daí??? Da onde que obrigar alguém a pintar a mão de vermelho e o pé de Paris é algo insuportavelmente muito chique e do momento???

- Disponibilizaram R$10.000 mil reais pra participante comprar roupas novas. Fiquei impressionada com a falta de noção.

Em vez de mandarem a mulher comprar roupas em lojas que todo mundo conhece (Renner, C&A, Zara, Marisa, Makenji) mandaram a mulher em lojas que um vestido preto básico de dia-dia custa R$795,00 reais!!!!!!!!!!!! Ou seja, destruiram todo o guarda-roupa da mulher, colocaram fora inumeras roupas (confesso que algumas parecia coisa de faroeste ou então idade média, tadinha) e queriam que ela fosse comprar em lojas carésimas, ou seja, a mulher simplesmente não comprou! E lá pelas tantas, os apresentadores ainda falaram: "Meu Deus, ela está em outro mundo". Oh God!!!!!!! Claro que a plebéia estava em outro mundo! Eu iria me sentir uma ridicula, uma alien, vendo roupas com preços de salário no final do mês! Ou seja, se ela continuasse comprando nessa mega-loja podre de chique, iria sair de lá com apenas 10 peças de roupa. Enquanto que tu vai em qualquer loja que citei acima, e compra inumeras peças, porque pobre gosta é de quantidade. Muita, muita roupa! E eu sou assim :)
Acho que eles se deram conta disso e no final levaram ela na C&A.

- Eu acho totalmente sem noção quando qualquer tipo de programa quer fazer mudança radical no cabelo da pessoa. Se querem fazer algo, que façam de acordo com o estilo que a pessoa vive e se tem condições de manter todo mês aquela transformação! Sob pena da pessoa ficar com cara de ryca-pobre-chinelo.

Fora isso, o programa até que é bacana, mas eu não me candidataria, afinal, eu sei que eles iriam odiar meus All Star, minhas camisetas com frases bombásticas, minhas combinações de bota e vestido, afinal, pelo que vi o joelho não pode de forma alguma ficar aparecendo... não sei porque, não estamos na Idade Média em que a mulher não podia deixar aparecer nada da parte inferior do corpicho.

E vcs, o que acham?

31 comentários:

Lola disse...

Rê! Super concordo contigo.

Como a pessoa vai manter tudo o que ensinaram que mostram uma realidade totalmente diferente, não só dela mas da grande maioria.
Eu vi o programa uma vez apenas, gosto mais do americano que acho que força menos a barra, mas enfim...
Vi teu coment sobre a legging da Fernanda Lima, me fala onde no centro de Poa que tem meninaaa?

Beijooo.

DESASSOSSEGADA disse...

Menina que eu estava pensando nisso estes dias, a candidata daquela vez era super linda de rosto e corpo, usava umas combinações um tanto quando estranhas.

Mas assim jogaram todas as roupas dela fora e mandaram ela comprar na lojas podre de chique onde o vestido custava 1.000,00 ela ate que comprou mas no decorrer do programa ela disse a eles ta tudo muito lindo mas gente eu preciso de roupa pra trabalhar sou cabelereira não aguentaria tabalhar num salto desses o dia todo e usar as roupas super hiper mega blaster caras.

Concordo com ela quem trabalha duro não tem como andar chique 24horas por dia mesmo pq ao final do dia a roupitcha chieque não iria combinar com a cara podre de casada.

Eu seria apedrejada se fosse candidata gosto de roupas que eles odeio. Acho tambem que eles vestem as pessoas como velhas sei lá nao gosto muito do estilo deles.

Dica disse...

As loucas que participam disso, perdem todas as roupas e ganham umas 10 peças no guarda-roupa.
Eu não entrava nessa, nem pra banho. hahaha

E sinceramente, acho o programa bem chatinho.
beijos, lindeza. Tô te segundo.

Fernanda disse...

Ainda bem que eu nao to aí senao ia viciar nesse programa... mesmo com todas as futilidades que vc citou e eu concordo!

Gisa Dias* disse...

Olha, eu vi pela primeira vez ontem também, e confesso que fiquei um pouco chocada com a maneira de tratar as pessoas!
Caipira, cala a boca, umas coisas assim eu ouvi, e não quis acreditar, ainda mais vindo de uma topo.
Mas ok, também concordo com vc!
Sou da opinião que a pessoa tem que se sentir bem nas roupas, e em varios momentosd eles praticamente forçavam a coisatada a comprar o que eles gostavam.
Absurdooooooo!

Mas não gostei e não olho mais.

Coincidencia gente ver pela primeira vez no mesmo dia né?!!!
rsrsrsrs


bjokas*

Elen disse...

Tenho visto vários capitulos desta série e em alguns, ou seria quase em todos, eles tentam esteriotipar todo mundo.

Algumas pessoas não se sentem bem em lojas de marcas, eu sou uma delas, em que se gasta 1.000,00 em uma única peça de roupa. Pois se vc garimpar em outros tipos de lojas, encontrará o mesmo modelo, só que sem a dita cuja da etiqueta de marca, bem mais barato...

concordo com vc em genero, numero e grau....

e tchau

abrços cheirosos

Luna Sanchez disse...

Bom,

Eu já assisti a uns 3 ou 4 programas desses, também acho a Isabella linda, acho divertido, e tal, e em todos os que vi, a pessoa foi levada à lojas bem chiques e, no final, à lojas como Renner e C&A.

Mas o que mais me incomoda, Rê, é o fato de não deixarem claro, de não colocarem escrito na tela que aquela lixeira é simbólica, que as roupas serão doadas, e não colocadas no lixo.

Pelo menos, eu espero que sejam doadas, porque, nesse país em que se vive, fazer um programa desses e jogar roupas no lixo, seria uma afronta. Aff!

Beijo de quarta.

ℓυηα

/carla disse...

Sim, gaúcha :D

Sim, do que adianta ela ir nessas lojas no programa sendo que nunca mais ela vai aparecer e querer gastar tanto em um vestido?
Acho que cada um tem seu estilo e se veste do jeito que gosta :)
Como assim "não mostrar o joelho"? Dependendo do comprimento do vestido é impossível. Nada a ver isso :P ahiuee

Wilian Bincoleto Wenzel disse...

Nossa!

Eu n unca cheguei a assistir, só fiquei nas propagandas mesmo. Nao me chama atenção exatamente por causa disso. Tudo bem mudar o jeitod a pessoa, tem geten que realmente nao se veste bem e nao se sente bem daquel jeito, aí sim vale a mudança, mas entram com tudo, pega uma pessoa que nao tem tanta condição e as fazem gastar como voce disse "um salário de fim do mês a cada peça" ><

Rsrs'

O esquema é ir na Renner! o/ Rsrs'

Beijo Doce!

Juliano disse...

Como você disse pobre gosta é de quantidade mesmoo..askdokadokskdokadokoakdas

All star é tudo neh, e tem que ter o bico meio sujo.oaksdokasokdoaskdaksdkaksdkad viajei neh?!

Beijooooos Rê!

Kesy disse...

Como assim não pode florzinha na unha e joelho não pode ficar aparecendo??

Eu adoro florzinha na unha!!! Aliás, até florzonas mesmo!! Com strass e tudo colorido!!
E o joelho?? E se eu quiser usar minissaia?? Devo usar joelheira??
Hum... num gostei da idéia não... hauhauahau

Ah, também sou uma boa pobre que adora quantidade!! Nada me faz mais feliz do que uma mega liquidação!!! Sair da loja carregada de sacolas, sem ter gastado todo o orçamento do mês! Perfeito!!

Beijos

Erika! disse...

Menina, eu ia rodar ness programa! Eu tenho o estilo da "Erika" e misturo tudo! Uso o q to afim e do jeito q eu quero! Nao ligo mto pro que pensam não!
Concordoo que tem gente q chuta o balde, mas gosto dos estilos estranhos, então..
aaaahhh..bora ser feliz neh!!!

Fran disse...

Menina, concoordo contigo!
Também acho um absurdo gastar o salário do mês num vestido enquanto muitos passam fome. Sem falar que eles humilham as roupas e a pessoa neh?!
Coitaaados!
Ótima crítica!

Beeijos!

Desabafando disse...

é, concordo com tudo que vc disse aí, me divirto vendo a versão original desse programa, pq tem muita gente que faz umas combinações muito nada a ver, de outra época, ou totalmente sem noção pro corpo que tem! Mas vc já reparou que no fim, todas ficam bem parecidas em termos de estilo? Parece que só aquele padrãozinho é que faz sucesso, mas não é assim! Eu nunca teria coragem de gastar 700 reais numa peça....e ouvi dizer que a CeA patrocina esse programa, então é lógico que no fim eles levam todas pra lá...essas lojas não aparecem a toa no programa...rsrsrs...a finalidade não é bem ajudar a candidata e sim promover a marca...rsrsrs....

cronicasurbanas disse...

O problema do vestidinho de mil reais é que você tem que complementar com a bolsa, os sapatos, os acessórios, o cabelo, o programa certo, aí lá se foram os dez mil.

Conheço gente que garimpa coisas fantásticas em lojas de departamento, e outras que nem com todo o cartão de crédito ilimitado conseguem ficar elegantes.

Programas assim (tanto o daqui como os de fora) deveriam orientar, não ditar. Cada pessoa tem um estilo, preferência e necessidade. Sair decidindo quem o outro é ou deve ser é o fim da dinastia!

bjk

Milena' disse...

nunca vi esse programa, mas acho legal a ideia, porque realmente existem pessoas sem nenhuma noção de como se vestir. Mas acho fundamental o estilo próprio de cada pessoa, e abomino pessoas que só usam o que está na moda, sem ter personalidade alguma. E essa de não deixar o joelho aparecendo é coisa do senhor meu pai u.u
Tadinha da mulher, podendo fazer a festa numa Zara, vai se sentir um alien numa loja de grife cheia de vendedoras esnobes, aposto.

Tem selo no meu blog pra você, :*

Encosto de Bette Davis: disse...

Ai menina eu só compro roupa em super mercado. É puro garbo e glamour. ahuahuahuahuahuahh

A Menina Perdida disse...

Confesso que nunca assisti esse programa (minha amada tv só pega a globo ¬¬) mas para mim tudo que se torna muito perua para mim não me agrada.
Massssss....

CooKie disse...

eu acho que é realmente desperdício de dinheiro eles fazerem a mulher pagar 7** contos no vestido.

po... o que eu não faria com 10.000 reais?? o meu armario ia lotar

e concordo com vc, POBRE GOSTA E DE QUANTIDADE, tbm so assim!!
rsrsr

La Sorcière disse...

Rê, sou bem "fofa" e perfeitamente à vontade comigo e com meu estilo. As pessoas falam para mim: "olha, isso tem a sua cara", ou "eu vi tal coisa e lembrei de vc"....que é alguma coisa entre Carmen Miranda e uma onça pintada!!!!
Sou absolutamente bem resolvida e sou EU que faço minha moda!
Concordo com vc: eu não aguentaria ver meu guarda roupa inteiro indo embora e me satisfazer com 10 peças de roupa (sem acessórios, gostaria de lembrar que uma bolsa bacana custa uns 500,00)....não dá: Vou na Renner e faço a festa!!! Um monte de roupa, gosto mesmo é de variar!!!
À propósito: minha unha hoje está francesinha e com uma florzinha branca....manda a Isabella Fiorentino vir falar comigo que ela vai ver o que eu consigo fazer com a minha florzinha!!!!

Pri disse...

não assisto o brasileiro, pq é na hora da minha aula e eu não sei se tem reprise, mas sempre assisto o americano e tenho que dizer, não gosto. assim, é divertido assistir, tem gente que realmente fica bem melhor e combina com aquele estilo definido pelo programa. maas, tem outras pessoas que simplesmente não dá. vc sente que a pessoa não está confortável com aquilo, não tem personalidade. e sempre as roupas são as mesmas. acho que eles deveriam escolher as roupas apropriadas para o tipo de personalidade de cada pessoa. enfim, é isso! bjoo Rê! ;*

Mônica disse...

Ri demais com " pobre gosta é de quantidade "!kkkkkk

Eu só assisti umas 2 vezes... achei meio sem graça.

bjs

Carol Dornelles disse...

Ahhh eu sempre achei esse caso do preço das roupas o ó!
No segundo dia de compras as mulheres vão na C&A pq tem perceria.
Mas no primeiro já se vão 9500,00

A mulher joga 50 peças fora e volta pra casa com 10! hahaha

Mas que deve ser MARAAAAAA participar...Ahhh deve!

Cristal - a louca. disse...

Rê, fia eu acho escroto qualquer tipo de mudança visual a fórceps, ainda mais quando é para se enquadrar em uma padrão que não existe, tipos florzinha na unha, uns acham cafonas outros não, mas se a unha é da pessoa que mal tem, a gente chegou em uma época tão ridícula que as pessoas MANDAM o que devemos fazer com nosso próprio corpo, sendo ele nossa propriedade deveria ser lícito fazer o que vc quisesse até desenhar um girassol nas unhas. Quanto mais conheço de moda, mais gosto do meu estilo, um porque ele é meu, dois porque compro com meu dinheiro, três porque é moelza falar sobre roupas quando vc tem 1,90 de altura, 50 kg e é rica.


Beijundas ^^

Juliana Mendes disse...

bem...
concordo, com o que disse sobre umas se acharem artistas globais e tudo mais...
Só que, tbm tem o cado de q... pelo menos uma vez na vida, vc se arrumou mal, ngm escapa disso...

Adoro a Zara...
e a iniciativa do programa é boa, mas doar todo esse dinheiro seria mais util p sociedade!
(;

LuhMeki disse...

Rir tanto kkk' Pode ter certeza menina, pobre gosta é de quantidade.. somos duas \o/
Mas de vez em nunca é bom ir numa loja chique pra comprar um frizo :D

bjooos :D

Bazar Brasil disse...

Acho a Fiorentino lindíssima mas a educação passou longe dela...Eles tratam as pessoas muito mal e essa particularmente que vc comentou, nossa, me senti humilhada por ela!

A mulher é costureira, precisava mandar ela em lojas tão caras? Sou mais o Tim Gunn que como o episódio de ontem, reformou quase tudo do armário da candidata.

Babe, adoro teu blog...

Ah, Tenho selinhos pra vc lá no meu blog...

Pega lá!

Bjs

Clau
http://www.osbrasilpereira.blogspot.com/

Elaine disse...

Olá!
Este é um comentário-convite.
Meu blog está completando neste mês um ano " no ar". Para celebrar a juntar gente interessante estou promovendo uma blogagem coletiva.
Ficarei feliz se você puder participar. Será um modo de divulgar seu espaço e conhecer outros blogs interessantes e que têm algo a dizer.
Conto por você.
O link para a inscrição é este:
http://elainegaspareto.blogspot.com/2009/08/convite-convocacao-pedido-promocao-ou.html
Elaine

Ana Carolina disse...

Nuca assisti ao programa mas uma coisa que acontece o tempo td em programas do tipo (que dão coisas aos pobres)é isso mesmo. Compram um vestido mega caro ou fazem uma transformação no cabelo que depois de um mês a mulher se transformará em abóbora para sempre já que não pode refazer o milagre.
No me gusta!

Bjus

PS: Qual o problema com a florzinha na unha se a porcaria da unha É MINHA?

Grazi disse...

Concordo plenamente!

Quando estava de férias, assitia toda semana mais por não ter o que fazer mesmo e o que reparei é que eles tentam estereotipar todo mundo, tipo um exercito de robozinhos chiques!

Claro que toda mulher deve ter em seu guarda-roupa pelo menos uma muda de roupa como aquelas, agora não é todo mundo que gosta de se vestir assim.

E outra, acho ridículo levarem embora TODO o guarda-roupa da criatura. Ímpossível que a criatura não tenha UMA peça de roupa q seja adequada ao seu corpo.

O fim!!

~*Tray disse...

Oiee, então concordo com vc
acho bacana eles darem dicas d como a pessoa se vestir adequadamente mas mudar a personalidade dela é demais
i moda vai muito do eu!