sábado, 19 de setembro de 2009

Parabéns Modernidade!


Fulano diz: "Aparece lá em casa, faz tanto tempo que a gente não bate uma conversa".
Beltrano responde: "Sim, claro, eu te ligo".
Fulano retruca: "Não, vamos fazer uma janta, quem sabe amanhã?".
Beltrano replica: "Sim, qualquer coisa eu te ligo ou mando uma mensagem."
Fulano triplica: "Mensagem? Ligar?".
Beltrano afoito: "Isso, tchau."

Há dias em que me sinto um radar ambulante, passo pelas pessoas e ao presenciar seus diálogos, frustrações, aparência... começo a imaginar mil e uma coisas e mil e um sentimentos. Esse diálogo eu presenciei em frente a locadora.

O fulano ficou tão desconsolado com aquelas respostas do beltrano. Quase que disse: "não te preocupa, amanhã eu janto na tua casa, se tiver churras mal passado e capirinha, tô dentro."

Fiquei me lembrando de como era na minha infância, quando não havia celular, mensagens de texto, e tinha pessoas que nem telefone em casa tinham. A vida social era bem diferente, era mais pessoal, era mais "quente", não havia lapso de tempo, não havia esfriamento de amizade, não havia distância, não havia pressa. Havia compromisso.

Hoje é tudo tão fácil: "eu te ligo", "vamos combinar", "bah certo que te ligo amanhã e a gente marca alguma coisa", "sim, eu vou, é só me ligar", "eu te mando uma mensagem", "te aviso por e-mail", "te mando recado no orkut".

Orkut, Facebook, Twitter, e-mail, fotolog, Msn, tu não tem? Então tu não existe, sorry.

Porque as pessoas marcam e desmarcam impessoalmente, mandam desculpas que se fossem pessoalmente não teria resultado algum, o compromisso iria estar de pé. O relacionamento humano esfriou, a modernidade chega e aos poucos vai ocupando espaço do vínculo afetivo.

Porque quem aqui nunca mandou alguma msg com uma desculpa besta pra não ir a tal lugar combinado, que se fosse pessoalmente não falaria? Quem nunca deixou de atender uma ligação, sabendo que a pessoa que está ligando quer combinar alguma coisa?

E então quando algúem mais velho nos diz que a relação entre as pessoas não é a mesma coisa de vinte anos atrás, achamos que a pessoa está delirando, que a modernidade chegou e não podemos regredir. As pessoas se falam mais, se comunicam mais, se dão parabéns uma vez ao ano no orkut e acham que isso já é suficiente pra manter um vínculo.

Regredir é deixar o mundo cibernético tomar conta do vinculo que um dia tivemos alguém. É dizer "te ligo" e na verdade isso nunca acontecer, afinal, a pessoa está no teu orkut, ela está "ali", não é preciso muito pra demonstrar que gostamos de alguém, ela aparece todo dia na minha lista de amigos do meu mundo virtual-real. E se aparecer no msn então? Poxa vida, pra que marcar de ver a pessoa se posso falar com ela todos os dias, não é mesmo???? Pra que marcar uma janta, uma ida a algum barzinho se tenho a fulana na minha lista de e-mail? Quando eu quiser falar com ela, basta mandar um e-mail, oras!

Essa é a modernidade. Parabéns pra "evolução" da "pessoa humana" e suas "relações".

17 comentários:

Desabafando disse...

Minha cara amiga...concordo totalmente com seu texto...adorei seu post de hoje, me fez pensar e vc tem toda razão em tudo que diz. As pessoas perderam a paciência pra cultivar os relacionamentos nessa correria em que vivemos, tendo que atender inúmeras solicitações. Já dei sim desculpa via torpedo ou email pra não ir a lugares que eu não estava a fim, com pessoas que não iam me acrescentar em nada....e já ouvi desculpas parecidas. Acho que passou a fazer parte do jogo isso né? Infelizmente!

Fernanda disse...

Beijo... me liga, tchau!

Olhos e pensamentos disse...

Hj estudei sobre isso na´pós...corporeidade, o relacionamento, pessoa pessoa, aquele q a gente ver nos gestos, na postura, nos olhos uns dos outros...cade?
P.S. amo seu jeitinho colorido de blogar

La Sorcière disse...

Eu concordo totalmente com o que vc escreveu no post, mas.....preciso confessar que sou usuária dos recursos cibernéticos que me permitem "escapar" de compromissos aos quais não quero ir, cafés-da-tarde dos quais não quero participar e passeios ao shopping com gente que não tô a fim. Eu mando mensagem sim, desmarco coisas pelo celular, falo com um monte de gente pelo MSN.....acho que os recursos como o orkut por ex, permitiram que eu achasse tanta gente da minha infância, adolescência, amigos de faculdade....tanta gente!!!!! Se eu os vejo, ou marquei para encontrar??? Não....mas eles estão ali.....à distância de um click!
Bj:)

Eu sou o GOOGLE disse...

È VERDADE!!!! O MUNDO É DOS NETS, JÁ DIRIA AQUELA CAMPANHA PUBLICITÁRIA DE MERDA!!! APESAR DE A MODERNIDADE TRAZER BENEFÍCIOS E NOS TRANSPORTAR PARA UM POUCO DAQUILO QUE CADA UM QUER MOSTRAR DE SI (VIDE OS NOSSOS QUERIDOS BLOGS), ELA TAMBÉM NOS AFASTA, MUITAS VEZES, SE TU ENTRA NO MSN E A PESSOA NÃO FALA CONTIGO OU FICA BRABA, SE A PESSOA NÃO FALAR CONTIGO NO ORKUT, OU NÃO LEMBRAR TEU ANIVERSÁRIO TU TE MAGOA, E-MAILS INTINTIVOS, RESPOSTAS, EXIBICIONISMO. MUITAS COISAS NEGATIVAS. O AFASTAMENTO, COMO TU DISSESTES. TA NA NET, PRA QUE LIGAR OU VER PESSOALMENTE? NÉ? EU DIGO PORQUE, PORQUE É MUITO BOM TOCAR, VER, FALAR E OUVIR, COISAS QUE SO O PESSOALMENTE PROPORCIONA.

MAS TEM O LEGAL DAQUI, ESCREVER COM PESSOAS BACANAS COMO VOCÊ, E NOSSA REDE DE BLOGUEIROS LIGADOS POR IDÉIAS.

UM BEIJÃO, E CABE A NÓ FAZERMOS A DIFERENÇA, JÁ QUE NOS DAMOS CONTA.

Amorinha disse...

Concordo com o post, mas preciso admitir que já fiz muito uso das facilidades virtuais pra fugir e desmarcar encontros.
Dependendo do meu grau de amizade com fulano, acho mais fácil falar "feliz aniversário" por orkut, torpedo ou e-mail...
Claro que com as pessoas mais próximas e queridas a relação é outra, mas mesmo assim de vez em quando um torpedo facilita muito.
Beijo

Luna Sanchez disse...

Rê,

A gente ganha muito com a modernidade (tempo, dinamismo...), isso é fato, e o preço é essa perda de proximidade que tu falou. As coisas esfriam, mesmo, se tornam impessoais. Mas não é culpa da modernidade, e sim do nosso comodismo.

Dois beijos de sábado, moça.

ℓυηα

Michele disse...

Oi Re,
Nossa...é bem verdade td isso aí.
É uma pena mesmo as pessoas perderem esse contato "humano", lembro-me que quando terminei a faculdade, eu fiquei triste, pois sabia que ia perder o contato com meus amigos, e foi o que aconteceu, muitos se mudaram daqui ou voltaram para sua cidade de origem. A única pessoa dessa época q não perdi contato, foi uma amigona que mora na minha rua...rsrsrs, e mesmo assim é muito difícil a gente se ver, acredita nisso?!?
Bjos e bom domingo.
Michele

Juliano disse...

Concordo com o que você falou, as pessoas perderam um vínculo importante, a gente simplesmente deixa de sentir o calor das nossas amizades e de como tal pessoa nos faz bem, cara hoje eu vejo que tive sorte em não ter tudo isso na minha infância, mas hoje é essencial.

Beijooooos Rê e ótimo feriado e churrascada (mal passada) pra você..! ah sim e a caipira não pode faltar neh.!

Luiz Clédio Monteiro disse...

Relacionamento, é tudo. E é isso que quero agora, seguindo seu blog.

Faça uma visita ao meu. se gostar, siga-o ok?

fique na paz. abraço

CooKie disse...

o pior de td é q a vida tá ficando assim mesmo!

~*Tray disse...

Isso é a pura verdade, é tão bom ter aquela roda de amigos real se abraçando mesmooo
sinto falta dos piquines aqui em casa HAHAHAHA
é bem vindo a modernidade
bjuus, já falei que adorooooo por demais o seu blog

Mônica disse...

Adorei o post! Concordo com tudo!

bjosss

Milena' disse...

Pois é, adoram dizer que a tecnologia aproxima as pessoas, mas eu acho que só aproxima quem não se conhece. Amigos são mesmo é afastados. Sabe, eu odeio o orkut. Tenho, mas odeio. Algumas pessoas nem me ligam mais (tudo bem, telefone eu gosto) porque acham que um scrap é suficiente no aniversário.

AAAAAAAAAAAAAH, PÁRA! você foi no show do Oasis? tenho que admitir que estou com uma pontinha de inveja. Eu não fui, e agora pelo visto, nunca mais vou. Porque o Noel saiu, meu Deus?!

:*

Yumi disse...

^^



Pois é amiga... Qm nunca fingiu que não tava vendo o celular tocar sabendo que a pessoa ia te chamar pra sair que atire a primeira pedra!!! Vc tem toda a razão, muitas vezes em vez de nos aproximar, a modernidade nos afasta cada vez mais!!

Bjaum e oteeemo final de domingo procê ;)




x]]~~

***MissUniversoPróprio*** disse...

É...penso muito nisso também...o mundo das "facilidades" acabou gerando o mundo das "dificuldades" e desculpas esfarrapadas...

É uma pena que seja assim...

=*

Felicia disse...

Reclamo várias vezes disso. As "modernidades" que não são favoráveis. Esquecemos de coisas simples. É uma pena. Tento sempre manter contato físico com os mais próximos sempre.
É aquela velha coisa que muitos acham o máximo, um montão de amigos, na lista do orkut, que só para encher listinha. Pra mim não basta. As facilidades modernas são muitas, mas eu gosto de tirar algo bom delas, como aqui no blog, que trocamos idéias, sentimentos, mesmo que cada um no seu lado, mas com a frequencia de que nos importamos com quem nos lembra sempre.
Isso é o bacana.