terça-feira, 6 de outubro de 2009

O Corpo Fala

Não acredito em livros de auto-ajuda, porque não existe fórmula mágica pra alguma coisa que a gente quer da vida, porém esses dias estava em uma livraria e fiquei por quase 2h lendo um tal livro da Louise L. Hay, ela disse que todas as doenças que temos são criadas por nós. Ok. Fui instigada a ler porque não acredito nessa afirmação. Acho genérica por demás.

Lendo o livro e abstraindo alguns exageros, algumas afirmações ao pé da letra, realmente pode ocorrer algo do tipo, que é a tal da somatização.

Ela diz que "todas as doenças tem origem num estado de não perdão", que "sempre que estamos doentes, necessitamos descobrir a quem precisamos perdoar". Meio exagero, néam... Porque a palavra "sempre" é um tempo infinito do infinito.

Perdoar realmente lava a alma, nos deixa em paz, nos deixa mais leve, aquela sensação de deitar a cabeça no travesseiro e ficar pensando que fizemos a coisa de forma certa. Que não há do que se arrepender. Deve fazer um bem muito grande para o organismo o tal perdão. Porque não tentar, néam.

Eu, particularmente, não sei perdoar. Aquele perdão de se lavar por dentro, sabe. Aquele perdão 100% que vem do coração. Se é por bobagem, tudo bem, um te perdôo aqui, um lhe perdôo ali. Porém quando trata-se de algo mais grave, mais complexo, eu sinceramente, não consigo. Não é questão nem de esquecer, e sim o fato de sentir uma mágoa, uma repulsa da pessoa que de certo modo interferiu no meu "quadrado".

Essa tal Louise chegou a fazer uma lista de doenças com suas causas somáticas: clique aqui.

Não acredito 100%, mas também não vai pro lixo tudo o que li naquelas 2h dentro da livraria e que ainda me fez pagar estacionamento dentro do shopping e mais um café, porque eu estava louca de sono, but, não queria pagar pelo livro e pra não parecer tão cara de pau resolvi tomar um café dentro da livraria.

E vcs, acreditam nisso? 100% ou nem tanto?

Desassossegada que é médica tem que opinar, heheheheh!

20 comentários:

Desabafando disse...

Lendo o título do seu post, lembrei de um livro que tem esse nome, mas a abordagem dele
é sobre como demonstramos o que vai no nosso interior através da linguagem corporal...bem interessante...rsrsrsrs....

E eu acredito 100% que todas as doenças são causadas por somatização de alguma coisa mal resolvida. Nõa li esse livro, mas tenho um dessa autora sobre meditação, que veio com um cd que eu adoro pra relaxar.

Te digo pelas minhas próprias experiências, eu vivia tendo crises de gastrite fortes a ponto de ser internada...e a partir do momento que meu médico disse que isso eram sapos engolidos, raiva acumulada que eu deveria cuidar disso...e que passei a cuidar....deixei de ter o problema porque eu fui na raiz dele e não no sintoma.

Como já te disse eu acho sim que cada órgão responde por um sentimento mal resolvido, a acupuntura também segue o princípio de que cada ponto está ligado a um órgão e que se a energia fica parada demais em algum lugar, vc acaba tendo algum tipo de problema. A medicina tradicional, na maioria das vezes cuida para amenizar os sintomas manifestados mas às vezes a raiz é mais funda.

Enfim, é só meu ponto de vista baseada em tudo que vi e vivenciei nos últimos anos.

Débora disse...

Eu tb concordo que toda doença tem uma causa emocional.
Já li alguns livros desta autora e gostei muito!

Bjs

Olhos e pensamentos disse...

não li o livro tb não, mas li o link que vc indica, também como vc não sou fã de livros de auto ajuda, acho muito lindo, mas basta ler um pra saber como são todos os outros...Dei uma olhada nas doenças X sentimentos, acho muito coerente sim, somos muita coisa e energia, energia que move o mundo, temos ela dentro da gente, mas canalizada pode ser problemática...sei lá!! mas acredito

Yumi disse...

^^



Bom, na minha opinião ela está corretíssima. Porém existem algumas doenças que não dá pra saber qual a causa somática né, então a medicina tradicional ajuda. Mas é certo que se não guardassemos magoas, tristezas, coisas ruins dentro da gente, com certeza adoeceríamos menos. Só que é difícil né amiga? Muito dificil...


x]]~~

Luna Sanchez disse...

Olha, Rê, não acho que tuuuuuuudoooo o que faz mal para o corpo seja fruto da mente, mas a ligação entre tristeza, mágoa, frustração e câncer, por exemplo, está provada.

=\

Dois beijos de terça.

ℓυηα

Desabafando disse...

Amiga, eu cuidei de vários problemas com ajuda da acupuntura, porque ela desbloqueia certos pontos onde a energia está acumulada, aí a energia passa a circular melhor por todo o corpo. O organismo funciona melhor...é algo simples e de grande eficácia. O pouco que sei sobre o assunto aprendi fazendo com meu médico explicando como as coisas funcionavam...nunca li nada sobre o tema mas acredito totalmente. Tanto que tem dias que saiu parecendo outra da sessão.

Na yoga também trabalhamos na mentalização das energias...imaginamos a energia circulando através dos chackras (também trabalhados na acupuntura). Existem ótimos exercícios pra isso.

Acho que tudo pode ser tratado com terapias alternativas desde que não esteja num grau muito avançado né? Pq aí esse tipo de tratamento
é a longo prazo e demora mais mas uma vez que vc se cura dificilmente voltará a ter o problema....a menos que seu emocional volte a ter o mesmo comportamento que causava a doença.

Eu acredito que cancêr, na maioria das vezes, está associado a problemas psicólogicos não resolvidos. A pessoa vai guardando alguma mágoa que acaba por influenciar certa parte do corpo. Que pena que sua tia está assim, mas cada um tem o seu pra passar e aprender a mudar né?

Luna Sanchez disse...

Rê, voltei pra te deixar o link do post de hoje da Déia, que fala um pouco sobre somatização :

http://depoisdodiva.blogspot.com/2009/10/resiliencia.html

ℓυηα

***MissUniversoPróprio*** disse...

Menina, eu ia justamente escrever sobre isso um dia desses, mas acabou passando e não postei nada a respeito. Mas eu acredito nisso, sim, claro que, como diria André Abujanra "nem tudo é 100%", mas o que me levou mesmo a pensar nisso foi a questão do câncer. Eu acredito profundamente que o câncer é derivado do mal que guardamos dentro de nós. O rancor, a mágoa, a tristeza, o ódio...enfim, esses sentimentos ruins e intensos, que tantas vezes insistimos em guardar dentro de nós, que na verdade só fazem mal a nós mesmos.
E fui lá no link que você deixou, justamente "curiar" o que dizia sobre o câncer, e é justamente isso o que a tal Louise L. Hay defende.

E eu nunca tinha pesquisado sobre nada disso... curioso, né?

Beijos, querida, e obrigada pela visitinha e coment lá no blog. ;) =*

Fernanda disse...

Boa estratégia a de pagar o café... mas por aqui, o preco do caféziho é quase o mesmo do livro entao nem vale a pensa ( estou dizendo porque tb fiz isso uma vez kkkk )

Luh* disse...

Ai antes eu adorava ler livro de auto ajuda! mais hj acredito q isso é atrazo de vida!
beijos

Bia disse...

Olá, achei muito legal o seu blog viu?

Quando ao post, sou um tanto desconfiada dessas coisas de somatização e tal, e também não sou adepta de livros de auto ajuda, acho que eles só ajudam seus escritores, finaceiramente é óbvio...rrs

A Menina Perdida disse...

bem acreditar 100% não acredito mesmo, para ser sincera menos de 50%, porem existe muitas coisas sentimentais que possam ate mesmo atingir o interior... é um assunto complicadooo rsrsrsrsrsrs quem vai poder afirmar ou desafirmar neh rsrsrsrsrs

Lorena Portela disse...

rê de deus!! acho q tuas atualizações não aparecem mais pra mim... :(

eu achei q tu nem tava postando mais...

q bom estar de volta!

beijo!

Fernanda disse...

Eii... adorei sua visitae o seu cantinho!
=D
Eu não sei perdoar 100%... sempre fik uma mágoa... uma recentimento! axo q é pq num esqueço, sabe?!?
não consigo msm... =(
Beijinhus!

Carol disse...

Oieee. Td bem com vc?? Passando pra conhecer. E amei. Muito fofo e aconchegante seu blog. Espero tua visitinha no meu ok? Beijos. E tenha um ótimo dia.

La Sorcière disse...

1º lugar: não leio, não acredito e não gosto de livros de auto-ajuda.
2º lugar: eu desculpo, mas não perdôo e há um oceano separando estas duas condições.
3º lugar: a ciência comprova que existem doenças desencadeadas ou exacerbadas pelo estado emocional, mas falar que vc tem que sair procurando a quem perdoar, me parece um puta exagero!!!!
4º: tô totalmente de mau humor....dá para perceber???

DESASSOSSEGADA disse...

Oi Rê vou comentar a minha humilde opinião.

Todas as doenças que temos são criadas por nós. Como assim?
Se eu sentir magoa profunda vou desenvolver Cancer?
Ok tenho magoas e tenho cancer no colo do utero foi por causa da magoa meu cancer? Não foi e sim por descuido e relaxamento comigo mesma.

Se fosse simples perdoar e puff to curado.
o Papa não teria (tumor benigno do cólon e da vesícula biliar, Parkinson, remoção do apêndice, artrose no joelho direito, oclusão intestinal e laringo-traqueíte aguda)pra mim ele foi um exemplo de perdão e isso não ajudou ele em coisa nenhuma.

Não leio livro de auto ajuda acho muito facil você escrever um monte de abobrinhas afinal que esta em desespero se agarra em tudo o que pode.

Você estava esperando algo a mais devido a medicina não? Prefiro nao entrar em discução iria causar muita antipatia para com minha pessoa pois defendo com unhas e dentes a medicina legal.

Bjos

Madame Mim disse...

Ganhei um livro da Louise Hay faz um mês. Eu já tinha lido há alguns anos.
Embora seja óbvio (como a maioria dos livros de auto-ajuda, que eu não gosto muito), ela foi uma das pioneiras nesse tipo de literatura, qdo o termo auto-ajuda nem existia.
E tem coisas aproveitáveis...como em qq livro, se a gente ler o livro em um momento que estamos passando por uma situação que tenha a ver com o tema do livro.
Tenho certeza que nossos pensamentos estão ligados com nosso corpo, e coisa ruim uma hora ou outra desemboca em doença.
Mas sobre a lista do livro, acho muito específico e não acho que funcione assim. Acho que qdo a gente não tá muito bem, estressada, quem sofre é a parte do corpo mais sensível e isso varia de pessoa para pessoa.
No meu caso, qdo fico nervosa, sinto dor de cabeça e insônia. Tenho uma amiga quer tem crise de asma. Outra de alergia. E por aí vai.
beijos

Ana disse...

Rê, eu não acredito que todas as doenças tratem - se de somatização. Um beijo no seu namorado gripado vai lhe render o quê? Catapora??? rs...MAS...acredito 100% que TODA E QUALQUER "baixa emocional" leva a uma consequência negativa na matéria do nosso corpo. E, é aí que eu concordo 100% com a autora.
Se vc está nervosa, vc poderá ter gastrite, alergia, crise de pânico ou, simplesmente uma baixa do seu sistema imunológico que, ao invés de enxotar aquele vírus da gripe que te invadiu no beijo do namorado, irá fazer vista grossa e deixar o danado se hospedar em vc.
A alteração do sono e da alimentação é notoriamente uma constante nas pessoas que estão com seu emocional alterado. Bom, não descansou e não garantiu suas vitaminas? Fatalmente vc fica mais propensa aos agentes nocivos que te cercam o tempo inteiro, esteja você feliz ou não!
Então, esse lance de as doenças virem 100% de uma instabilidade emocional funciona mais ou menos assim: Se não é somatização diretamente, é reflexo da passividade que a tal instabilidade emocional causa nas nossas defesas orgânicas...
Beijo

Zé Cabudo disse...

De fato, muitas doenças e sintomas são facilitados ou intensificados por algum tipo de estresse. Desde mau-hálito até anemia.

Lendo a lista, confesso que faz sentido pensar que, tirando certas bobagens óbvias enumeradas, a maioria delas pode eventualmente ter alguma relação com o estado emocional, sim.

Mas uma besteira monumental é a clara associação metafórica pretendida entre certos "patógenos" emocionais e sua conseqüência sintomática.

Infectologistas, patologistas e microbiologistas gargalhariam dessa suposição.

O problema é que parte dos escritores de livros de auto-ajuda são grandessíssemos entendedores de porra nenhuma e querem empurrar suas próprias teorias inventadas dando ares de fato científico.