quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Figuração na Vida Real




Daí que as vezes me sinto uma figurante da minha própria vida.

- Estou num restaurante em que se paga o buffet e ganha "de grátis" o suco: todo mundo ganha o suco da atendente, menos eu. Enquanto todos estão degustando a comida, conversando e bla bla blá, recebendo seus sucos gratuitamente sem pedir eu tenho que parar todo o almoço e ficar fazendo sinais de surda-muda até a atendente displiscente me enxergar com cara de loca e eu pedir o meu mísero suco "de grátis";

- Se estou num rodízio de Pizza... quando eu penso em dizer "eu quero essa", o garçom já sai rebolando que nem um dançarino de axé com aquele monte de pizza, quase que me dizendo um adeus, até a próxima!

- Varias vezes já estive em salas de espera em que havia casais ridiculamente inconvenientes e eu ficava de espectadora e ouvinte daqueles beijos nojentos, molhados, cheios de barulhos, que quase me causam vômito só de lembrar... caso contrário a patética discussão familiar sobre criação de filhos, a cunhada que é um cu, a sogra que é uma naja, a demora pra ser atendida... "Oi, estou aqui"!!!

- Daí que na natação sempre tem uma velha com a bunda do tamanho de uma caverna em destruição que insiste em dar um chega pra lá na minha mochila, na minha bolsa, no meu maiô só pra sentar aquela pelanca dela no banco dentro do vestiário.

- O pior é quando se está numa roda de amigos e ninguém, abolutamente ninguém te deixa abrir a boca, porque é um querendo falar mais que o outro num desespero atômico de alegria, de arrogância, de nervosismo, de sabe tudo... quando tu pensa em abrir a boca pra falar alguma coisa.... o assunto já é outro, o desespero também já é outro e dá vontade de mandar todos pra uma clinica psiquiátrica pra se tratarem.



Só eu penso que as vezes faço figuração na vida real??? Vcs já se sentiram assim em alguma situação igual ou parecida??

27 comentários:

Ana disse...

Eu, eu e eu!!!
Isso qdo vc não está lá, twittando e, irônicamente acontece td ao contrário...vc fala sozinha e NINGUÉM te responde!
ABOMINOOOO!
Linda, eu fiz confusão, mas agora eu arrumei. Pra não ter erro, é assim:
Clica aqui para ver a comparação entre os 2 batons e aqui pra comprar!!!!
(Aí, namorado da Rê, prestenção....ela tá doida nesse batom!)

beijão

Bia disse...

Já perdi a conta de quantas vezes estou num grupo de amigos e ninguém me deixa falar, parece que nem estou ali, todo mundo tem assunto com todo mundo menos comigo...rs

Beijo pra tu!

Tay'' disse...

Roda de amigos ée sempre uma confusão,todo mundo querendo falar, todo mundo falando com todo mundo, tem horas q eu penso q vou enloquecer.
bjus flor ;*
adorei o texto!!

Desabafando disse...

kkkkkkk....eu já passei por essa das velhinhas pelancudas empurrando minhas coisas na natação....eu odiava pq nunca empurrava as coisas de ninguém. E tb passo pela última situação com frequência...nossa...

que triste..tb sou figurante...

Ah...eu amo todos os títulos que eu já li dela...então te indico qualquer um...rsrsrs...
pra não generalizar demais..tem um chamado Perigo.
Veja o link: http://ebooksgratis.com.br/tag/nora-roberts/

Dá pra fazer download...rsrsrs...não é suco "de grátis" mas serve um livro "de grátis"? kkkkkkk....

Ju disse...

Isso é um saco realmente!
Acho que todo mundo já passou por uma situação assim pelo menos uma vez.
O negócio é se impor. Só para de tentar falar quando a pessoa te der ouvidos. Deixa claro que se você se abalou da sua casa pra ir alí estar com eles eles tem obrigação de estar com você também. Ou então passa a ignorar as pessoas também, num instante elas percebem que tem algo errado e vão mudar de atitude!

Bjo

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Essas coisas sempre acontecem vez ou outra, né!?! Mas essa da rodinha de amigos é clássica, engraçada e confusa. hahaha

até mais.

Jota Cê

Nine disse...

Ih!!! Amigaaaaaaaaaaa! Tb vivo nessa turma de figurantes, viu!!

E tanto na vida real qt na virtual, uma loucura... E dá vontade sim de gritar Oi? Tô aqui!

Dá vontade de mandar todos praquele lugarzinho simpático!!!! hehehe

Mas ruim mesmo (ou bom, depende do ponto de vista) é quando tu tem certeza que a tua informação é tipo a salvação da lavoura e eles não te ouvem... rá, perderam uma oportunidade de se darem bem!!!

Beijooooooo

Ana disse...

Ô Rê, tô seguindo vc no twitter (@anasekler)...me segue pq sinto que vamos dar boas risadas!
beijo

DESASSOSSEGADA disse...

IIi RÊ somos duas eu tambem passo por cada situação ser ignorada por garçom é a minha marca registrada dentre varias outras situações.

Dea アンドレア disse...

essa do grupo de amigos acho q todo mundo ja deve ter passado por isso.
e na pizzaria qdo só tem um pedaço daquela pizza q vc adora e o garçom serve pra mesa ao lado!rs
situações engraçadas!!
bjos

Fernanda disse...

As vezes tbm me sinto assim...

Principalmente qdo vc disse sobre qdo seus amigos não te deixam abrir a boca!
isso me irrita profundamente... =(

Affff...
x(

Preta disse...

hauhauhau viva os amigos verborrágicos!!

Luciana Klopper disse...

O ultimo item vive acontecendo comigo, sabado na pós eu levantava meu dedo pra falar uma coisa hiper importante mas ninguem me deixava falar, e foram mudando de assunto, mudando, puta merda me senti invisivel

Ana, A menina que roubava idéias disse...

Falando sério mesmo, nunca passei por uma figuração assim e pior, sou chata e quando vejo uma pessoa meio deslocada sem falar muito, muito quieta puxo assunto. Fico até com receito de alguem pensar: Lá vem a chata, quero ficar quieta no meu canto e ela puxando conversa.

Hoje passei parte da manhã só aqui no seu blog. Sou alguns anos mais velha mas sinto e entendo tudo o que fala, não me sinto nem um pouco mais madura.

Vou parar que já estou escrevendo demais e sem revisar kkk beijos

Malu disse...

Nossa.
tb me sinto assim..esses dias mesmo todo mundo conversando e eu esperando a oportunidade pra falar quando enfim consigo todos me olham com cara de cu querendo dizer Ta e dai??? aff
to ate inventando amigos imaginarios na minha pobre cabeça pq os da vida real ta dificil rsrs

bjoks

Fernanda disse...

Menina, saudades... creia ou nao de vez em quando eu passo por aqui... quero dizer... quando eu nao estou num momento egoista falando da minha vida semparar e proibindo todo mundo de conversar... kkkkkkk é bom vc me lembrar o quanto é feio isso...

Marcia disse...

Olá querida
Pior que as vezes me sinto assim também ...,mas sabe que tenho aprendido com essas situações tenho conquistado meu espaço nem que seja no grito rsrsrsrsrs...
bjusssssssss e força no salto mulher !!!

TPM Aguda disse...

SIMMMM! Eu me sinto assim algumas vezes. É estranho, não é?! E tem dias que eu tiro para ser "observadora" e fico só ne bituca no comportamento dos outros. Costumava fazer muito isso na faculdade. Então eu sempre sabia o jeitinho de cada um reagir, o jeito de gargalhar. Era legal até. Pq se tem uma coisa que eu não gosto, é de ficar berrando e cutucando as pessoas para elas me darem atenção.
Com o tempo, as pessoas percebem quem realmente tem algo a dizer e daí as coisas se encaixam.

Beijo, Rê
-M.

La Sorcière disse...

Rê!!! Vc alegra meu dia!!!! Tô vendo vc gesticulando para o garçon, JURO!!!!!kkkkkk!!!
Bj

Luna Sanchez disse...

Não, Rê, isso não acontece só contigo...

Eu, por exemplo, fico com cara de pastel de goiaba quando estou com alguém fiasquento, que fala alto na rua, que adora chamar a atenção, que dá risada de galpão, e coisas do gênero. Às vezes, tudo que não quero é ser notada, mas me sinto assim, fazendo figuração para showzinho de palhaço de circo. =\

Detesto!

Dois beijos,

ℓυηα

Sà-lamandra disse...

Sabe Rê, acho que meu sangue aiano de ASc em Leão não fica esperando muito não, é um pouco de ansiedade + privilégio + odeio ser ignorada = levanto e chego junto do garçon, se velhinha quer se aproveitar de passar na frente na fila do mercado e/ou mandar marcar o lugar, tenho saco não, digo NÃO, tem gente que se aproveita. Eu ajudo na boa, carrego compra, mas num vem ser espertinha que num deixo passar batido naum. Depois de mais velha, to ficando pior, mais cara dura de exigir o que é meu.
Beijos

CooKie disse...

pode ter certeza de q nao é so com vc!
quando eu fazia natação tinha sempre uma mulher assim para me expremer e eu empurrava ela e ela praticamente me matava vei!

Carol D. disse...

Olá Rê, obrigada pela visita.

Gostei daqui tb hehehehehe

Volte sempre!

Bjossss

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Rê,

Incrível o poder que você tem de me fazer dar altas gargalhadas... enquanto estou lendo, fico imaginando essa comédia da vida privada. Essa da sala de espera foi um barato...ahahahaha

Beijo imenso, menina linda.

Rebeca

-

Michele disse...

Oi Re,
Td bem?
Menina, me senti assim ontem, participei de uma repone, já ouviu falar? Caso não, vou explicar, são reuniões que não resolvem porra nenhuma, lá na empresa, falamos assim. Pois bem, me chamaram para participar, e teve um momento que eu ia falar, só que todos se entusiasmaram que não consegui falar porra nenhuma, fiquei de saco cheio, saí da sala e deixei todos lá, aí deram falta de mim, pq era algo que eu estava incumbida de responder, aí foram atrás de mim, eu apenas respondi, bom achei que vocês estavam tão entusiasmados e que não precisavam de mim, só isso...ficaram todos com cara de paisagem, sabe...e eu ri por dentro, de vez em quando temos que fazer isso...
Um bj e uma ótima semana para vc.

O LOBO de....POTT disse...

Minha querida voces estao todas loucas...

Barbara Salvan disse...

uashuahsuahsuahs
aquela situação dos amigos eu passo todos os dias!
te entendo muuuuito bem...
você é demais.. adoro suas postagens *-*

Bjão