domingo, 11 de abril de 2010

Não perdi. Ganhei!!!



Quando o namoro acabou, várias pessoas me disseram que depois de 3 semanas tudo passa ou quase tudo, no pior dos casos. Quando me falaram isso, confesso, pensei: "mas como assim, um sentimento se acaba em 3 semanas"... aquele sentimento com tanta intensidade, com tanto tudo e aquele misto de emoções a flor da pele e a pele sobre flor... enfim... néam... 

O problema é que o sentimento não era aquilo tudo e as palavras do falecido em minha mente simplesmente grudaram em meus neurônios pra que de certa forma eu sentisse uma repulsa por ele muito grande em ritmo totalmente acelerado. Aquele "bla bla bla" nada convincente, aquele olhar meia taça se achando a última coca-cola do deserto, aquelas frases sem um fim decente, os argumentos um pior do que o outro, enfim... toda aquela asneira de guri. Sim, guri.

E não é que é verdade, desde que o namoro acabou este é o primeiro domingo que passo em casa. Este é o terceiro final de semana e ontem quando cheguei em casa, pensei, "meu deus, e agora, vai cair a ficha". E gente, a ficha caiu e com ela uma paz inexplicável. 

Aquela sensação de ninguém te ligando, de eu não precisar largar tudo pra dar uma carona, pra buscar o guri na ponte que partiu, pra não ficar aturando aqueles amigos -que pensei que fossem meus amigos- que nem sequer me perguntaram se estou bem, se estou mal ou se morri, não precisar aguentar aquelas namoradas dos amigos que me olhavam dos pés a cabeça, eu lia os pensamentos delas como se eu fosse uma Mãe Diná, não ter que aguentar os olhares daquela "anã" maliciosa, o fulaninho casado e tarado e põe tarado nisso e ele nunca acreditou em mim, aquele clima de felicidade superficial, não ter que aguentar gente entrando no quarto dele em momentos totalmente inoportunos, não ter que aguentar ele me dizer que não quer sair porque tá sem dinheiro ou sem tempo ou ficar bufando cada vez que eu quisesse programar uma viagem, não precisar me contentar com uma porção de fritas/xis e cerveja, não ter que aguentar aquela prima arrogante, prepotente e cínica dele, não ter que conviver com uma pessoa que não sabe sentar e conversar, totalmente disperso e hiperativo, deixar de sair com a minha família pra estar sempre junto com a dele, nunca me fez surpresa nenhuma enquanto que eu até levar em motel sem ele saber eu já fiz,  eu gostar de reggae, hip hop e eletronica e ele só de metal e aquela barulhada sem fim, de sair em festa e ter que sair cedo e se ele ficasse seria discussão na certa depois, de ter que escutar aquela porcaria de rádio gaucha e sempre falando de futebol como se fosse o unico assunto masculino existente na face da terra, de ele nao se interessar pelas minhas coisas e nem ler o meu blogdos tempos perdidos levando ele pra lá e pra cá e o pai dele sempre fazendo cara feia pra emprestar o carro pra ele caso o meu estivesse no mecânico,  AH MEU DEUS, é tanta coisa que realmente, dá vontade de parar o falecido na rua e agradecer calorosamente por essa decisão divina.

Claro que "não posso cuspir no prato que já comi", néam...  mas é que a essas alturas e com todas as coisas estapafurdias que ele me disse, o meu cérebro fez um delete em todas as coisas boas que tivemos. Sorry... nunca me façam nenhum mal... porque eu sou assim... no limite das coisas eu deleto tudo da minha memória e me resta a indiferença.

Cheguei a conclusão que quando estou junto com alguém eu praticamente me anulo, eu vivo a vida daquela pessoa, eu faço tudo por ela e se algo dá errado, eu penso que a culpa é minha. Aquela sensação de que tudo se perdeu no meio do caminho e não encontrei a trilha com bolachinhas de volta. Se estou com alguém eu abraço tudo, eu abraço as brigas, as discussões, a convivencia por vezes intragavel, os costumes diferentesa felicidade de um momento ou de vários, as risadas, as lagrimas, enfim, eu abraço a pessoa e mais toda a vida dela até ela chegar a mim. O problema é que algo se perdeu no meio do caminho, talvez o meu sentimento mesmo e ele não chegou a perder nada porque não tem... é um guri.

Estou adorando tanto essa nova vida, mas taaaaaaaaaaanto que quero ficar nela até encontrar alguém maior que eu (tanto de idade quanto de estatura, porque néam... quem me lê já faz tempo sabe que o falecido era da minha altura e eu não podia usar salto e muito menos me sentir abraçada por um homem másculo e gigante, heheheheh), que já seja um pouco estabilizado na vida e que abra um sorriso cada vez que eu fale que quero viajar ou jantar fora!!! Por enquanto o meu jardim está cheio de   borboletas, coisa que eu não esperava que acontecesse em tão pouco tempo... mas estou curtindo muito tudo isso!!!!! 

E não te preocupa Gerundino, porque eu me comporto!!!!

 

40 comentários:

Dea アンドレア disse...

Nossa Re, que delícia. Vc desapegou...
Vc conseguir listar um monte de coisas negativas do relacionamento, e isso é muito bom nesse momento.
Isso ai guria, vc merece um homem forte, gostoso, que te faça surpresas, que te leve pra jantar, que te de presentes e te faça sentir amada!!
To feliz por vc :)
Aproveita o domingão, bjokas

Desabafando disse...

Fico feliz pela sua reviravolta. É bom ver que você fez um balanço de tudo e chegou a conclusões importantes sobre o outro e sobre si mesma. Essas últimas conclusões podem te ajudar a fazer as coisas de forma diferente e melhor daqui pra frente. E que bom que você não ficou se lamuriando e sofrendo desnecessariamente, porque por tudo que você descreveu aí, talvez não valesse a pena. Torço muito por ti!

Alice Brasil disse...

Olá, Rê!

Fiquei feliz em saber que vc já superou. É isso mesmo menina a vida continua e pelo visto vc já tem muitas borboletas em seu jardim, aproveito muuuuuuuuuito essa sua nova fase.

Um beijão!!!
Meg Macedo.

Paulo Palavra disse...

auhauahuah
muito bom fazer o comparativo do post de três semanas atrrás e esse. tá vendo como a vida segue? dói um pouco, mas cicatriza logo!

mas como vc falou de viagens, se for vir à BSB mesmo, me manda email, tá? a gte marca de comer uma porção de fritas/xis e tomar uma cerveja! auhauahuahuahaaua

Manuela Alves disse...

Hello Rê... Obrigada pelo comentário lá no blog, eu estudo e moro em Cruzeiro do Sul - Acre no meio da Amazônia, hihihihiihi... daí que minha faculdade fica afastada da cidade no meio da mata dai o nome UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE - CAMPUS FLORESTA, ahhhh... já ia esquecendo obrigada por me achar com carinha de adolescente, pois tenho 25aninhos nas costas! Rsrsrsrs... Pois é... NUNCA AMEI TANTO UM POST ASSIM, é tão bom se sentir leve né! Conheço muito bem essa historia de carona, irmãos chatos e amigos... afff! Abraços RÊ! BE HAPPY!!!

Gisley Scott disse...

Rê,

a melhor vingança é viver bem e com paz e vc está fazendo isso.Sei que muitas pessoas são amarguradas por causa de relacionamentos passados.Elas passam a vida inteira bebendo veneno esperando que o "infrator" morra, e nisso que acaba pagando a pena do infrator é a pessoa que sofre e não o dito cujo.

Isso que vc se descreveu, de ter esquecido de vc e vivido a vida dele chama-se co-dependência.Já tive isso tb e quando eu terminei com o carinha que só tinha me prejudicado, eu tinha 19, mas eu me sentia como se tivesse 16 de novo!Nesse tempo não me envolvi com ninguém, foquei em me conhecer, em me amar e me descobri em fazer amizades de verdade,daquelas que põe a gente pra cima!

Descobri que podia gostar de dança,de fotografia, de malhar, de café e livraria, de inglês...

Descobri tb que sabemos que estamos em um relacionamento certo quando os nossos outros relacionamentos saem ganhando com a presença da pessoa que escolhemos, e que quando gostamos do que estamos nos tornando com elas.Elas não nos anulam, mas trazem o nosso brilho à tona.Foi assim quando eu conheci o meu esposo e vice-versa.Nenhum momento tentamos apagar o brilho um do outro.

Continue aproveitando essa frase pra descobrir mais da vida,da sua família e mais de você.

Muito feliz com essa paz!Eu sei que ela vem de Deus!

Que a paz Dele que execede todo entedimento venha guardar sua mente e seu coração em Cristo Jesus ( Filipenses 4:7).

Bjos!

Gerundino disse...

Pqp... tomei uma puxada de orelha foi isso??? rsrs. Eu estava meio puto no dia q comentei... normalmente eu estou puto qnd venho comentar nos blogs :p

Olha... realmente pela lista que tu escreveu tu saiu ganhando. E ganhando muito posso te falar.

Agora tem duas coisinhas q eu gostaria de falar... (eu ia escrever "acrescentar", mas eu nunca acrescento nada):

1 - Se o guri diz q não tem dinheiro pra fazer algo contigo provavelmente ele não te mereça realmente. Podemos até dizer que é uma fato... mas, eu faço divida pra poder passar tempo do lado de qm eu gosto. Claro que tudo tem um limite também, mas o que é o dinheiro comparado a ter alguém legal ao lado. Negar uma vez por falta de dinheiro é aceitável, mas usar essa desculpa sempre é comodismo.

2 - Viajar ou jantar fora... eu sou um nerd maldito que adora ficar trancando no meu quarto a semana toda jogando. Maaaaaaaaasssssssssss... da mesma forma que eu falei acima. Se eu gosto de alguém essas são coisas relevantes e é necessário mudar um pouco e se adaptar pra fazer a pessoa feliz... usar a msm desculpa sempre... comodismo... e se vc passa a aceitar isso. Vc realmente não merece respeito... (ta... a ultima frase ficou meio forte né?? não que não mereça respeito, mas pelo menos um tapa na cabeça pra ver se acorda).

O que importa é olhar o lado bom das coisas e se vc realmente está fazendo isso e se sentindo feliz ponto pra você.... apenas por favor, continue sendo minha heroína e seguindo em frente pq eu juro q se vc voltar pra ele eu cancelo minha subscrição nesse blog, hahahaha.

*Mi§§ §impatia* disse...

Eita Re, que de fato, depois dessa lista gigante, vc realmente saiu foi ganhando e muitoooooooooooooo.
Feliz por ti estar tão bem querida.
Beijos e boa semana.

La Sorcière disse...

EU TE DISSE!!!
Mas, na boa: quero morrer sua amigaaaa!
Que lista sem-fim de defeitos!!! kkkkkkkk!
A gente enxerga por outra lente, né? Ou melhor, de lupa!

pequena disse...

Que maravilha ler esse post e te ver tão bem amiga!

Sou q nem vc quando vc diz..
"Sorry... nunca me façam nenhum mal... porque eu sou assim... no limite das coisas eu deleto tudo da minha memória e me resta a indiferença."

flor to passando pra deixar um beijo e desejar uma ótima semana!

xerim

DESASSOSSEGADA disse...

Eeeeeeeeebaaaaaaaaaaa adorei esse post, adorei ver que tu ta dando a volta por cima. Como eu havia dito o tempo tira o incuravel do centro das atençoes, nós temos uma capacidade incrivel de cicatrizar ferida não é...

Como vc eu tbm abraço a pessoa e mais toda a vida dela até ela chegar a mim.

Escolha bem suas borboletas de agora em diante e nada de relacionamentos serios tão cedo.

BJos

Se precisar sabe onde me achar né...

Ju disse...

ôpa!! A vida é bela, hein? E como é bom descobrir isso!

O que eu achei melhor no post foi essa consciência que você demonstrou sobre seu comportamento tóxico em relação a você mesma: se anular.

O melhor que uma pessoa pode fazer numa situação como essa é usar isso como aprendizado. Aprender qeu isso é errado. Aprender.

Sabe quando diziam pra nós na escola... "Não decore, aprenda. Quem decora esquece!" Lembra?

Então...

;)

bjoss

cronicasurbanas disse...

Querida, nunca, mas nunca mesmo, se anule por conta e causa de quem quer que seja. Não vale a pena meeeeesmo.
bjk e ótima semana
Mônica

[Ananda] disse...

q massa,viva sua vida,é bom ter essa sensação de paz...
Fica bem,e vai vivendo,a vida é assim,quanto a questão de namoro é bom sim por um lado,mas tem os lados negativos,enfim,é a vida né?nem sempre perfeito.
^^

Gabriela Castro disse...

A vida de solteira é boa também. Mas, eu ao contrário de vc, não consigo encerrar ciclos na minha vida. A gente tenta! hehe Felicidades! beijos

Eve disse...

A gente sempre ganha algo, mesmo que não perceba, mesmo que seja só experiência.

Agora é viver a vida!

Lembrei daquele filme "Vivendo a vida adoidado" hehehehe

bjs

Liana disse...

sua lista de defeitos parece eu falando do meu falecido....kkkkkkkkk.... Nunca mais aguento estas coisas viu. Aprendi q não preciso disso e q existem homens q não têm nada disso.

Bola pra frente, se joga e seja feliz.

Little Angel disse...

O seu problema maior deve ter sido o de abraçar com tudo a relação, viver totalmente a vida dele. Eu acredito que, mesmo sendo um namoro sério, devemos nos dar o direito de também ter aquela nossa vida. Dividir bem um tempinho para o love, família, amigos enfim não se desligar da sua vida de antes. Beijos

disse...

Tinha ctz q vc ia conseguir enxergar as coisas dessa maneira em pouco tempo. E olha posso te dizer uma coisa, é maravilhoso namorar alguem estabilizado na vida, é ooooutra história namorar alguém com uma vida estável, to amando!!
bjoss

Ana disse...

Aêeeee.....Muito bom te ver bem, te ver inteira!
A vida continua!
beijão

Páginas da minha vida disse...

Que bom que você está bem !!!!
olha, seu post me lembrou quando eu estava apaixonada por um carinha que era meu amigo.
eu me anulei tanto, eram tantas coisas que eu odiava nele,mas por querer estar perto dele, eu "mascarei"...
o que não pode acontecer é isso: anulação...
mas eu te entendo.
agora é bola para frente! aproveite sua vida ao máximo, seja feliz,por você!

bjs

''Tay' disse...

Oi'
fico feliz que você tenha superado tudo isso ^^
bola pra frente garota porque a vida continua neah?!?

bjus =*

MULHER BÁSICA disse...

huhauhauAHUahuHuhUAHuahauhAUHuahUHAA...Pena q vc mora tão longe...senão ia passar por aí e dar uma bela esfregada em vc...pq desse teu mel eu tô precisando de um tanto...meu jardim tá sem borboleta nenhuma...nem uma mosca varejeira passa por aki...kkkkkkkkkkkkkkkkkkk...mas continuo te desejando tudo de bom...que tudo fique como está...sua paz e serenidade de volta...
SÓ FELICIDADE!!! APROVEITE A VIDA...ELA PASSA VOANDO!!!!
Bjão

Felicia disse...

Querida, primeiro não há nada a agradecer por palavras ditas, elas foram com carinho sim, mas aqui estamos uma as outras convivendo com suas situações e trocamos além de idéias, conclusões, sentimentos e pq não, ajuda.

Bom, de tudo isso sempre sobrará, experiência. Para, talvez, da próxima não repetirmos os mesmos. E acredito que o primeiro já está vivendo, está se curtindo, se amando, vivendo consigo mesmo. Acho que uma coisa que não devemos, apesar de às vezes, alguns fazerem, é se anular em conta do outro. Isso nunca. Depois sobre o vazio de não ter vivido a sua vida, mas sim a do outro.
Curta sua vida, faça uma renovação e não tenha pressa de buscar outro, quando vier, veio. As vezes temos medo do que pode acontecer, talvez ficar sozinhas depois de tanto tempo acompanhada. Mas, antes só do que mal acompanhada, não é mesmo.
Agora é fazer o que já está fazendo, um balanço para deixar para trás o que viveu, afinal foi parte da tua vida, se houve erros, paciência e abrir-se para o que vier.
E, claro, sempre tentarmos ser felizes !!

Te cuida, guria !!


bjs !

Diego Marques disse...

Que bom Rê! fico feliz em saber da sua superação. É muito bom quando a gente passa a se conformar
e melhor ainda quando a gente esquece de vez.

Teve uma frase que me chamou atenção:

"Cheguei a conclusão que quando estou junto com alguém eu praticamente me anulo, eu vivo a vida daquela pessoa..."

Isso ocorre com a maioria das pessoas e cair na real é tão dificel.

Sucesso Rê!!!

Carolina disse...

toda separação depois que passa o baque a gente vê que foi melhor assim, pq se não tivesse sido, vcs provavelmente ainda estariam juntos, e isso tudo serviu pra vc perceber o quanto fez e o quanto nada da parte dele foi feito.

Sendo assim pode ter certeza que vc está muito melhor mais feliz!!!!

beijos

Sà-lamandra disse...

Delícia te ver assim Rê,
Foi quase uma "salvação", sair das garras do monstrinho papa-tudo e a gente da de tudo, muito louco quando a gente num consegue impor limites quase que naturalmente e coloca o outro no centro da nossa vida.
Só depois mesmo é que a razão pode enxergar a realidade das coisas.Ainda vai ter um tempinho de raiva e mágoa, mas junto cultive o que foi bom pra que não haja arrependimento nem culpas da tua parte. Ele existiu na tua vida para isso tudo e que você tire o de melhor pra você como experiência, nem com ele,mas sim contigo mesma,pra te compreender, avaliar tuas atitudes e modificar algumas em prol de atrair novos feromônios masculinos de 1,88 x 0.70 de ombros. :))
Beijão
E partindo proutra!

*Maluh Mah* Marinha Luiza disse...

É incrivel como a gente se parce neste ponto:meu ex é novo, baixinho, imaturo, tbm não lia meu blog...
é tão bom qndo cai a ficha né?
bjão e felicidades!

Miss Pauleth disse...

Minha filha, vc aguentou foi muito, viu!

Que bom que vc já superou, e agora gata, aproveeeeeita, aproveita muito!

Beijos lindona!

Mågø Mër£Îm disse...

Te falar Viu Rê.. aqui o sentimento ta demorando pra passar... que merda rs

beijo

A. Lima disse...

cara adorei, um texto pra lá de grande... mas um desabafo real. foi deliciooso le isso aqui x)

é triste, mas a svezes acabamos msm por nos anularmos e vivermos a vida do outro qndo estamos apaixonados =/
mas isso passa, a gnt acorda e só sobrevive o que é amor!
bombado seu blog flor, eu AMEI!
nesse dia do beijo um beijo;*

Luna Sanchez disse...

É por isso que o melhor remédio sempre foi e sempre será o tempo, Rê : só ele coloca as coisas no lugar, nos faz dar o devido valor a elas (nem mais nem menos do que merecem) e abre nossa visão. Só ele.

Coisa boa que está administrando bem, fico feliz por ti, amiga!

*Ah, só pra constar : eu prefiro os homens mais velhos. ;)

Beijo, beijo.

ℓυηα

Gabi disse...

Os domingos são os piores dias... já o são naturalmente, e quando se acaba um namoro, o terror se potencializa 392742 vezes... Na real é claro que a gente fica triste, mas bah, lembrar que o guri (guri novo, por sinal) não era capaz de fazer UMA surpresa, de pensar em UM lugar diferente pra me levar, e sequer de pagar o motel... (sendo que teve vezes que EU PAGAVA SOZINHA.... sim, esses sao fatos reais). A gente vai racionalizando e vai caindo na real, né? E vai começando a ENXERGAR à nossa volta...Que bom que tu conseguiste racionalizar e perceber as borboletas que com certeza voam se acotovelando pra chegar perto de ti.
Eu confesso que às vezes tenho recaídas, sinto uns vazios...mas isso acontece geralmente quando eu estou triste com alguma outra coisa.. dizem que qdo nosso presente não está bom, tendemos a nos voltar para o passado, buscando segurança.
O fato é que, racionalizando, a gente percebe que mesmo que ainda ame de paixão o ex (que se fosse bom, não seria ex, pra começar), não tem o que se fazer, senão seguir em frente, afinal, do que adianta ter mil passados e nenhum futuro? Ficar empacado nessa vida que nos oferece tantas possibilidades é que não dá!!
Vou te add no msn :) Meu msn é 'gabyfeldens', só pra constar.
Um beijão!!!

Janine disse...

HAHAHAHAHAHHAHAHHA.
Quase me mijei de rir.
Tava especulando o tal do google buzz e vi umas letras saltitando, daí me deparo com isso.
Tem mais coisa em comum entre nós duas do que eu já havia averiguado.
Bjusssssssssssssssss

Fala garoto, fala garota. disse...

GURIAAAAAAAAA
amo mtoooo!!!!
passei, passamos, estou passando. e quem já não passou por isso?!
sem palavras, teu post roubou todo meu vocabulário sobre o tema. peço pra calmar o coração, tem ainda a reviravolta da reviravolta, a aceitação, a negação... medo, mas acontece.
considerações finais:
1. GURI É GURI... AFF.
2. OI... NÃO LÊ MEU BLOG?! HÃ?!
3. DIZ A MÚSICA: YOU'LL NEVER GET NOBODY BETTER THAN ME!

Olavo disse...

È..a vida ensina..
e tera varias vezes sentimentos assim com diferentes graus vai sentir sempre..
como dizem é verdade..td passa.
Bjs bom final de semana

Irmãs disse...

Amei este post ...

Beijos!

Sah

Bianca Bichof disse...

Oi, vim conhecer o seu blog, Adorei!!!
Já vou virar seguidora.
Passa lá no meu me conhecer.

Beijinhus!!

Yumi disse...

^^


Hahahaha Adoro como vc escreve tudo oq tá pensando de maneira tão engraçada e leve! Vc devia escrever um livro, sabe! xD

日月神教-向左使 disse...

AV,無碼,a片免費看,自拍貼圖,伊莉,微風論壇,成人聊天室,成人電影,成人文學,成人貼圖區,成人網站,一葉情貼圖片區,色情漫畫,言情小說,情色論壇,臺灣情色網,色情影片,色情,成人影城,080視訊聊天室,a片,A漫,h漫,麗的色遊戲,同志色教館,AV女優,SEX,咆哮小老鼠,85cc免費影片,正妹牆,ut聊天室,豆豆聊天室,聊天室,情色小說,aio,成人,微風成人,做愛,成人貼圖,18成人,嘟嘟成人網,aio交友愛情館,情色文學,色情小說,色情網站,情色,A片下載,嘟嘟情人色網,成人影片,成人圖片,成人文章,成人小說,成人漫畫,視訊聊天室,a片,線上遊戲,色情遊戲,日本a片,性愛