sexta-feira, 12 de novembro de 2010

E depois?

Esses dias fui em um casamento de uma amiga. Por sinal, lindo d+.

Então fiquei analisando a vida pós-casamento. Claro que vou falar aqui de metida, bem metida mesmo, porque afinal, eu não sou casada e nunca fui, mas vou dar meus palpites sobre o que eu vejo que acontece na maioria das vezes.

A mulher se prepara quase um ano antes para o tal dia mais feliz da sua vida. Já vou fazer um parenteses aqui pra quem acha que eu tô menosprezando esse dia, não, não é isso. É que realmente não vejo graça em pagar um monte de comida, bebida, alugar ou comprar ou mandar fazer um vestido carissimo, encher a pança de todo mundo com comida, tirar aquelas fotos montadas e gastar horrores. E horrores pra mim vale qualquer dinheiro empregado nisso podendo ser mil dinheiros, cinco mil dinheiros ou até o valor de um bem móvel/imóvel que é o que a maioria anda gastando ultimamente pra encher os olhos da platéia. Mas enfim... eu não sou adepta a esse "modelo" meeeeesmo e inclusive esse era um dos desentendimentos que eu tive em outros relacionamentos porq fulaninho, beltraninho queria festa, familia toda, todo mundo enchendo o c* (sorry), arrotando, comendo, bebendo, dançando e eu ali... pagando tudo... também acho um absurdo uma pessoa fazer emprestimo pra uma coisa dessas, mas daí néam... isso é coisa da cabeça de cada um, é o que eu penso e nao menosprezo de maneira alguma a vontade alheia, vou lá, participo, dou parabéns, como horrores, bebo outros horrores e vou pra casa feliz.
Continuando.... a mulher chega no tal dia linda como jamais alguém viu antes ou se já viu, segura o queixo, porque com certeza ela estará mais linda, radiante, uma Miss, maravilhosa, deslumbrante... o marido, está ali normal, se o cara trabalha o dia inteiro de terno, nao irá fazer muita diferença aquela roupa de casório nele, afinal, homem nao dá pra mudar muito e se inventar de fazer moda, capaz da platéia afoita soltar alguma frase do tipo "eu hein, q gay"... enfim... a mulher está lá, linda, divina, charmosa e ele, intacto. É o que é, o que sempre foi.

Casam, se beijam na frente do padreco (eu sempre nessas horas fico imaginando o que será que se passa na cabeça do padre, porq poxa vida... quantos casamentos ele fez e quantos beijos dos mais diversos tipo ele já viu, néam??? padre não se excita? não tem vontade?? fecha parênteses), chegam na festa de maneira triunfante (agora tá na moda chegar no salão ao som de uma música tecno, gritando, sacolejando e os fotografos a postos), tiram fotos, comem, cortam o bolo (aliás, na minha ignorancia, pra que utilizam aqueles bolos falsos em cima da mesa??? só pra bonito???) a noiva finge que vai dá uma facada no noivo... mas não, é no bolobrindam, dançam e para os mais afoitos e com energia concentrada, já saem da festa que nem coelhos, outros pegam um avião e partem pra honey moon ou tem aqueles que querem curtir a qualquer custo (que pra mim, é curtir cada centavo ali empenhado) e vão embora quando o Dj simplesmente não aguenta mais....

Aí que começam a vida nova, tudo novo, inclusive os talheres

Tenho na minha cabeça que a mulher fica enlouquecida com a cozinha nova e tantos utensilios novos! Começa a bolar 1001 receitas para o marido. E sempre aquela coisa: a janta feita por ela e ela de sobremesa (ou vice-versa, porq nao? estamos num mundo "feminista").

E então a noiva maravilhosa começa automaticamente a tornar-se a cozinheira, a amante, a dona de casa, a mulher que trabalha, que tem responsabilidade, q cuida do marido e.... se entope de comida! 

Chega o álbum de fotos do casório... sim, porq néam, estamos no Brasil, fotografias do casamento chegam geralmente quando tu te pergunta: "mas quem é essa?" "eu era assim?" ahhhhhhhhhhhh meu Deus! E a mulher entra em panico.

Simplesmente porq... porq está gorda! Obesa! Sobra pele pra todo lado! Se dá conta que não entra mais na calça tal, a blusa comprada há um tempinho fica apertada e o marido??? Vai te dizer que é linda, que continua igual (isso se ele também tiver ganhado uns Kgs e for amoroso com vc)... enfim... tudo isso pra chegar ao seguinte pensamento: mulher de hoje não consegue dar conta de tudo! Não adianta se auto-enganar! Pelo que eu vejo, a maioria casa e engorda! Ganham kgs e algumas azaradas, de brinde, ganham chifres! 

Não to sendo pessimista e nem julgando ninguém, longe disso! Mas sinceramente, antes de reclamar do marido que deixa a toalha molhada em cima da cama, tênis pra todo lado, moletom em cima da mesa, chinelo no lugar errado, banheiro ensopado, vão se olhar no espelho! Cadê a mulher divina, linda e maravilhosa que casou com ele?

E homem é tolerante! Mais tolerante que nós, mulheres! Porque se o marido está com uma barriguinha, a gente já um jeito de falar se não na cara, mas nas entrelinhas! E eles? Ficam aguentando a mulher engordar que nem vaca e se sentir ofendida quando aparecem com um presente tamanho G.
Aff.






21 comentários:

Manuela Alves disse...

que menina má! hehehehe... AMEI O POST,concordo com vc em tudo!

Duanny!. disse...

adorei o post.
sinceridade a mil.
hauahauahausa

;D

La Sorcière disse...

Oi Rê!!
Eu não me casei na igreja, nem fiz festa, preferi montar o apê que a gente morou na época e ir viajar prá um lugar legal.
Eu engordei alguns kgs sim, mas eu tenho um defeito ainda maior do que a quantidade de kilos que eu ganhei: eu me amo descaradamente... assim mesmo gorducha e roliça e acho que ele tem uma baita sorte em me ter do lado após estes anos todos =)

Luna Sanchez disse...

Rs...a vida como ela é!

Ri muito, Rê!

Beijocas!

ℓυηα

*Mi§§ §impatia* disse...

Ah eu sou suspeita falar pq amo casamentos, acho lindo.....rss
Beijos e bom fim de semana.

Eu sou o GOOGLE disse...

Bm isso!!! É td igual...casam e tem tanta coisa pra fazer, sem falar depois que nasce fiho, se largam!!Eles engordam exponecialmente!!! Cruzes...eu emporquei na gravidez, mas logo tava normal...até porque varia do estereotipo da pessoa, tem umas e uns que ao inves de parecem seu Madruga depois que casam. e tem os casais Caras, que tem baba, cozinheira, faxineira, professora particular pras crias e so precisam trabalhar e se cuidar, dai fica facil de manter linda(o).
O que eu acho que pega mesmo é a rotina..ohhhhhh
essa é implacável em qualquer condiçào...ninguém lembra de fugir dela no casamento.

bjocas Rê

JaNine disse...

Amiga!

Casei no susto, sem festa, só p pais e irmãos e juiz é claro, numa parte reservada de um restaurante charmoso.

Ah, tinha bolo, mandei fazer um bolo daqueles decorados de casamento, o meu era de comer e não de isopor, pelo menos a parte de cima, pq a de baixo a moça fez de ispor mesmo p ficar mais bonito (de 2 andares) já q era p pouca gente e ainda sobrou um monte de bolo. O pessoal em geral manda fazer de isopor todo o bolo (e depois serve uma torta normal) pq o bendito é mto caro, o meu foi uns 150 pilas (pean q naõ dá p postar a foto do dito pq ele era mto bonitinho, rsrsrsrrs).

Só de ver a preparação p um casório tradicional fico cansada, me canso de ver tanta pose p foto, tato detalhe a cuidar...

Mas no fim das contas acho q vai do perfil de cada um, cada um deve saber o q o faz feliz. E se for necessário uma mega (mto cara e cheia de detalhes) festa q façam e realizem o sonho, néam.

Eu emagreci depois q casei e daí continuei com o peso estável, sem fazer qq dieta, tinha engordado nos meses anteriores ao casório qdo tava sofrendo por estar longe dele.

Tb não implico quase nada com o maridones, pq paro p me olhar no espelho conotativa e denotativamente e no final das contas agradeço sempre por de ter ele na minha vida.

Na frente do espelho não é só nele q penso, penso tb nas pessoas em geral e agradeço por ter as pessoas do meu apreço ainda na minha vida e por não ter mais aquelas q fiz o bem de deletar.

Beijocas!

Afrodite disse...

Oi Rê!
Por um tempo na minha vida eu pensei como vc!Achava casamento uma babaquice,gastança de dinheiro desnecessária.
Até que na metade do ano pasado resolvi casar.
E adorei!
Não fiz nenhuma festa de $$$$$$,fiz algo mais intimista,só comemorando com parentes próximos e alguns amigos mais chegados.
De amigos aqui no blog a filha de uma blogueira muito amiga foi minha dama.E uma outra blogueira foi a chef que produziu os salgados e o bolo do meu casamento!
Posso dizer que revi meus conceitos depois de 34 anos!
Quem sabe isso tb não aconteça com vc?
Se acontecer,depois me conta...rs...rs...
Beijo!

Afrodite disse...

*COMEMORADO

Desabafando disse...

Simplesmente excelente seu post..rsrs...assino embaixo de tudo e tenho uma visão bem parecida a sua sobre festas de casamento!

Ana Maria disse...

Post perfeito! Sinceramente, penso que são pouquíssimas as que investem em festa e igreja para realizar um sonho. A maioria apenas cumpre as regras da sociedade. Na hora de ter filhos também. Chá de bebê, fotos grávida, parto, visitas... missão cumprida. Depois que a criança cresce um pouco, elas começam a reclamar e largam o dia todo na creche.

Pronto! Lugar garantido no inferno!! kkkkk

"Soy pecadora,
los santitos huyen de mi agenda
Soy mala,
madre de todos los pecados,
perra perra mala..."

Paperdolls disse...

Oi Rê,
Sou Andressa do Prazeremserdiferentedevoce.
Primeiro sobre a festa: Muita gente tem o sonho de fazer festa, vestir de noiva, cortar o bolo.
Não é o meu também, mas entendo que isso vai de cada um.
Agora sobre as mulheres depois do casamento:
Acho que hoje isso é minoria.
Pelo menos no meu grupo de convívio.
Todo mundo trabalha tanto, faz ginástica, cursos de especialização...Enfim!
Vida normal.
Hoje existe até uma nova denominação pra essa galera.
Os Dincs (Double Income No Children): casais que estudam, viajam, fazem cursos, ganham mais do que a maioria e optam por não terem filhos.
De qualquer maneira, acredito que o ser humano no geral esta sempre em constante estado de mudança.
O legal no casamento pra mim é entender essas mudanças juntos: revendo pontos de vista, opiniões, conceitos..
Isso quer dizer: evoluindo e crescendo.
O que não dá é ser uma mulher bonita e independente antes e de depois virar uma pessoa completamente diferente: dependente, desleixada, chata.
Agora, preciso lembrar que muitos homens também antes de casar se mostram românticos e carinhosos pra depois de tornarem machistas. autoritários.
Como eu disse, no meu grupo de convívio isso é minoria.
Ainda bem!
Isso mostra que estamos evoluindo, vivendo nossas verdades e nos mostrando para o outro como realmente somos.
É assim que queremos ser amados,né?

Beijo

Anônimo disse...

ca puta de blogue é este! se não és traveca não existes! fora de brincadeira, ele fede mesmo!

Adolfo disse...

não compreendo estes comentários depreciativos! o blogue é ranhoso mas não é preciso chingar! continua o bom trabalho!

Arnaldina disse...

Oi migah! Fodeu, pro meu lado! sujou, tou de barrigada (gémeos) e vou ter de casar mesmo! aborto não é opção! esquece sexta-feira! xauuu

*Maluh Mah* Marinha Luiza disse...

Ri horrores aqui!
Realmente, essas mulheres ficam cobrando amor eterno mas se casam e se torman umas mostrengas.
Pela beleza já!
bju

Liana disse...

este feriadão fui curtir uma pousada com piscina (resort) pra descansar... e sabe q eu virei pra minha amiga e falei: "se eu um dia estiver ficando assim, enfie a mão na minha cara". Eu tava falando dos casais, da mulherada acabada, gorda e etc, aparentando serem bem mais velhas e coisa e tal... tipo descuidadas mesmo sabe. Só vi um único casal com filho lá q a mulher e o cara estavam super em forma, gatões, e o filhinho idem. Se for pra casar, q seja assim. Embagulhar nunca!!!

Pimenta disse...

E não é mesmo?Pior, se tu observar as mulheres que tem filhos, verás que as meninas já estão nascendo competitivas e complicadas,pois já estão nascendo adaptadas as exigências de mulher moderna, que faz tudo,poderosa, tendo que cumprir todas as supostas obrigações femininas, entre elas ser eternamente sexy e gostosa, equilibrada e tals.Pior, influenciadas pelas outras mulheres,competitivas, e que não sabem o dia de amanhã,assim como todos nós...
Quanto a cerimonia de casar,não compreendo.
bjo

Paperdolls disse...

Re,

Obrigada pelo comentário.
Você tem toda razão: a minoria também tem que ser alertada.
Beijo

Tati disse...

Re, adorei.... Casamento muda tudo e todos!!!
Bjsss
Tati

Gerundino disse...

Lendo esse texto eu imagino tu encontrando um cara rico ou ganhando na mega-sena e fazendo um hiper-mega-casamento.... será q tudo isso q tu colocou ai em cima sobre a festa não seria revisado e deixado de lado, rsrs