terça-feira, 30 de novembro de 2010

Entendesse???


Não é querer falar mal dos catarinas. Longe disso. But... como tô indo quase todo final de semana pra lá, me sinto "à la vonté pra tentar entender e questionar o por que que esse povo fala: "entendesse", "decepcionasse", "fosse". Por quê??? (tô aprendendo as regrinhas dos porques com a Luna).

Estava bem tranquila lendo um livro, escutando as ondas, me bronzeando, fritando, torrando e bebendo uma cerveja gelada enquanto namorado estava mar adentro com a amante (prancha). Então que duas meninas ao meu lado começaram a desabafar sobre os relacionamentos. E eu, como adoro ouvir história de vida alheia, escutei toda a novelinha, por um bom tempo, até que os companheiros das meninas voltaram e simplesmente acabou minha novela, quase que me levantei e fui até elas perguntar "ta e aí, como continua? tu vai terminar? vai voltar? vai fazer o que?" mas daí néam... me recolhi na minha curiosidade.

Então que de cada 10 palavras, 5 eram: "entendesse amigám" no final das frases. Uma orgia de palavras iguais. O tal de "amigám" e o "entendesse". 
Mas me diz, da onde vem esse "entendesse"??? Pra mim isso é palavra de nordestino. Não to dando uma de louca que nem a menina do twitter-aqui que falou que seria bom matar os nordestinos, porq néam... cada povo com suas gírias, com suas palavras, com seu sotaque. Até porque aqui no sul o povo adora dar ênfase nas palavras: "leitE", "mas bah", "tri", "quentE", sem contar que a gente fala um pouco cantadinho, mas isso é coisa pra outro post.
Entendesse amigám???

13 comentários:

Afrodite disse...

Entedesse,entedesse não muito,mas néan?Murridiri!ok?
Beijo!

Cristal - a louca. disse...

Amigammmm entendisse não kkkkkkkkkkkkkkkkkk

Beijundas

Luciana Klopper disse...

Ihhhh, Entedesse nada amigammm

Tati disse...

Não entendesse nada...hahahahahahaha
Beijooooos
Tati
http://comoagarrarummarido.blogspot.com/

Eraldo Paulino disse...

Aaah... pois eu acho essa diversidade linguística em nosso país fantástica. Sou fascinado por sotaques. Os linguístas explicam que temos uma língua oficial no Brasil, e vários dialetos (pra não falar de outros idiomas indígenas) espalhados por todo território, que nasce da dinamicidade da vida.

O diferente é muito legal se olharmos por essa ótica, entendesse? rs

Bjs!

ONG ALERTA disse...

Cda um ve do seu jeito, beijo Lisette.

Gaúcho disse...

Rê, tô fazendo um esforço descomunal aqui, sabe? Por favor, não me provoque! Eu já havia prometido que iria parar de falar mal do povo de Santa Catarina (o quintal do Rio Grande do Sul) e também dos argentinos, que nem gente são.

Eu to seguindo você no Twitter, tá? Dá um follow lá?

Beijos!

Luna Sanchez disse...

:p

Nas cidades do interior do RS também falam esse "entendesse". O povo de Santa Maria, por exemplo, fala.

Naquele dia em que comentei sobre os porquês fiquei com receio de parecer chatonilda. Que bom que foi útil, "amigám"!

Beijo, beijo!

ℓυηα

*Mi§§ §impatia* disse...

kkkkkkkkkkkk Brother entendi essa parada maluca não....(bem carioca) kkkkkkkkk
Beijosssssss.

Desabafando disse...

esse entendesse pra mim é novo...nunca ouvi por aqui!

La Sorcière disse...

O engenheiro que trabalha comigo, quando se empolga, me chama de "mano" e "cara". É pior, não é?????????
Eu chuto ele todo dia...

Gerundino disse...

fala sério... "entendesse" é bem melhor do que "bixim" ou "orra meu, pow".

Tatá disse...

adoreeeeeeeeeei!
Bem curioso néah chérriém? kkkkkkkkkkkkk
cada estado com suas peculiaridades. kkkkkk'
beijinhos