quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

A visita

Não gosto de visita e não gosto de visitar. Simples assim. Curta e grossa. Não gosto da obrigação de ter que fazer sala, de mudar toda a minha rotina, ainda que por algumas horas ou dependendo da visita que se alastra, por alguns dias. E também não gosto de tirar as pessoas do seu dia-dia.

Salvo exceçoes de melhores amigas que eu posso tranquilamente me sentir em casa e quando digo me sentir em casa, é aquela intimidade implicita e explicita: abrir a porta da geladeira, dormir em qualquer canto, mudar o canal da TV, nao ter que ficar em função de horários, lavar a louça da cozinha, secar, guardar, enfim, elas não precisam me fazer sala e eu não preciso fazer de conta que estou sendo simpática. Elas me conhecem. 

Então que salvo essas raras exceções, eu não gosto de bagunçar a vida alheia, não gosto de "chegar, chegando", não gosto de visita inesperada e isso abrange, inclusive, parentes. Porque existem parentes que apesar de ter alguma porcentagem do sangue deles percorrendo minhas veias, não há intimidade e muito menos liberdade pra dizer: "ó fulano, se quiser alguma coisa basta abrir a geladeira". Não. Se antes da visita tu costumava tomar café em qualquer parte da casa, agora tu será obrigada a fazer todas as refeições na cozinha, porque afinal, comer é na cozinha. Se a fulana não gosta de pão preto, tu será obrigada a ter em cima da mesa todos os dias, diferentes tipos de pães. Se tu odeia BBB, e a visita ama, tu será obrigada a sentar a bunda no sofá, assistir e ainda comentar.


Pra me visitar, já sabe né... me avise antes pra eu ir me acostumando psicologicamente com a idéia.

17 comentários:

Desabafando disse...

ahhh..mas achei que só eu fosse chata com isso..kkk...mas tb nao sou fa de ficar fazendo sala. E pior é quando os parentes resolvem ficar para dormir e vc nem tinha previsto ou planejado isso...esse fim de semana me aconteceu isso...e ai tive que colocar o sorriso amarelo no rosto e dar atenção. Pior que muda toda a rotina da casa né? ainda mais assim de surpresa.

Colombina disse...

Ah, eu também não gosto de ficar abusando da boa vontade alheia assim como nao gosto que abusem da minha.

Dea disse...

Poxa Re, depois dessa te aviso 1 ano antes
huahuahua
Vc é louquinha!!!
beijos

MULHER BÁSICA disse...

Nossa...super me identifiquei com seu post... DETESTO VISITA...Der mole até das amigas... rsrs DETESTO ir na casa dos outros, principalmente pq sinto q a pessoa está fora do seu normal por minha conta...DETESTO!
DETESTO!
DETESTO!
DETESTO!
rsrs
E infelizmente, vez ou outra tenho q receber alguns parentes em casa...ô desconforto...

Bjão

DESASSOSSEGADA disse...

Não gosto de visita e não gosto de visitar. Simples assim. Curta e grossa.[2] odeeeeeeeeeeeeio visita ainda mais quando a visita é sem graça e nem assunto tem, tenho uma comadre que vem na minha casa e ficamos as duas caladas afinal conversar o que? Se vivemos em mundo diferentes, se ela é sem graça e o pior vem e nao sabe mais o caminho de casa é aquela visita de 4 horas sabe aff eu nao visito ngm ja é um sinal de que não gosto né!

Bjos

Jana disse...

Olha eu sou de fases, mas no geral só gosto de visitar e receber gente que tenho muito afinidade, ai nem parece visita rs

Beijos

Pimenta disse...

Idem!
Bjo

Eraldo Paulino disse...

é por isso que criei trauma de aniversários... sempre que minha mãe fazia... vinha aquele bando de gente que eu não conhecia e meio que me forçava a recebê-los cordialmente..

Viva a transparência 100%!

bjs!

La Sorcière disse...

Rê, prefiro conversar com vc virtualmente então! kkkkkkkkkkk!
Meus parentes se enfiam aqui em casa e acampam... tô acostumada =(
Bj

Fabianne disse...

aaaaaah, eu achei q eu era o único ser estranho assim. eu tb nao gosto dessa coisa de 'casa dos outros'. outra coisa q me irrita é ter q 'ficar montada' dentro de casa. toda arrumada enqto recebo alguém...
ainda bem q voltaste, estava c saudades do seu humor ácido...

Ana Paula de Oliveira Mazoni disse...

Concordo plenamente ...
Você sabe que a porcentagem de sangue é bem relativa... as vezes eu acho que sou de outro planeta aqui em casa rs....

Eu sou o GOOGLE disse...

hahahahahaha, odeio visitas tambem, e tambem odeio visitar....acho que aprendi com minha màe, porque temos traumas por caus da minha vó, que é daquelas que as pessoas tem que visitar, ir visitar, conhecer o bebe do fulano e ciclano...e ainda nao pode receber uma visita sem empanturrar a pessoa de comida, coisa de gente antiga, mas quando ela vem para nossa casa passar uns dias, pega o telefone e convida toda familia para vir aqui escondido da gente, quando a gente ve ta a parentada toda que nem sabem se a gete ta vivo ou nao...e ficam, e ficam, e tiram toda nossa privacidade...
bjs

Marina disse...

Então, Rê, sobre os e-mails do ministério da saúde, os meus voltaram também até que eu percebi que eu copiei algo que eles escreveram errado. não é ocomunicacao@blablabla é só comunicação. eu mandei e deu certo.

beijos!

Ju disse...

Ahh!! também odeio isso tudo!
arg!
bjos

Cadinho RoCo disse...

Tudo bem, mas não dá pra exercitar mais um pouquinho a tolerância?
Cadinho RoCo

Rachel Chagas disse...

Gente, eu vi minha mãe falando agora... hauahuahuahauha... mas na moral, é um saco mesmo! Tem vezes em que vem um ou outro desavizado aqui e, se eu não estiver a fim de ficar fazendo sala, só aviso uma coisa (e geralmente é parente mesmo que tem esse habito horrivel):

- Quer que ligue a TV, comer alguma coisa? Qualquer coisa, tô no quarto tá?

E pronto, fecho a porta!

Curta e muito grossa também!

Não avisa, vem toda hora, aaaaah, haja saco!!

JaNine disse...

Amiga...

Super idem!!!!

Bjus!