segunda-feira, 23 de novembro de 2015

13 semanas e 4 dias

Há dias que não me sinto grávida, mas sei que existe um bebê dentro de mim. Um "feto", como chamam os médicos cada vez que vejo o resultado de uma eco. A fase do sono passou, mas não 100%.  

A barriga só é notada quando eu como alguma coisa que me estufa, mas com certeza não é por causa do bebê, mas sim porque dependendo do que eu como, só falta eu sair voando por causa do tamanho da minha barriga. É constrangedor. 

O que anda me irritando mais que tudo são os palpites das pessoas. E quando digo "pessoas", é qualquer pessoa independente do grau de parentesco. Não importa se é mãe, tia, prima, amiga, pseu conhecido, colega de trabalho... qualquer opinião sem que eu tenha solicitado, eu sinto vontade de jogar a pessoa do alto de um penhasco e seguir a vida.

Eu ainda não sinto todo esse amor poético que algumas gestantes cismam em falar aos 4 ventos. Minha obstetra falou que isso é absolutamente normal, mas já recebo indiretas do tipo "ai mas tu nao postou nada no face sobre tua gravidez", só porque a pessoa na primeira semana que soube que estava grávida, saiu postando o resultado do teste de farmácia para everybody. Não faz meu tipo. 

Eu espero que a gestação passe voando pra poder ver o bebê nos meus braços, da mesma forma que acho muito louco eu estar gerando um ser, uma vida, uma alma... assim como acho surreal eu e meu marido terem "juntado as sementinhas" e hoje estou de 13 semanas. São coisas tão banais que a vida inteira a gente ouviu por aí como "fulana tá gravida", "ciclana pariu", mas agora que estou grávida, consigo perceber o quão grandioso é isso. 

Por enquanto estou nessa fase filosófica e lendo o livro "Crianças Francesas Não Fazem Manha". Já li resenhas totalmente negativas sobre o livro. Agora que estou no capitulo 8, só posso concluir que as pessoas que acharam o livro uma bosta, uma porcaria, e etc, não entenderam porra nenhuma do livro. Mas isso é história pra um próximo post sem data. 

7 comentários:

Fernanda disse...

Olá!

Que bom saber que você está grávida! Parabéns! Acredito que esse tipo de comportamento é normal. Toda grávida tem um sentimento diferente. Eu ainda não engravidei, então, não sei como vou agir... Já ouvi falar nesse livro e quero lê-lo quando chegar a minha vez...

Beijinhos

www.brisadatarde.com

Rachel disse...

Vou copiar aqui o que respondi lá no meu (não sei se te avisa se alguém te responde, então, não vou correr o risco :D)...
Desculpe, mas ainda não tive tempo de me recompor ainda, muita reviravolta nos últimos meses... maaaas, não deixei e não pretendo deixar de escrever não... só preciso entrar de férias! Amei a mudança e a falta dela também... e amei mais ainda a novidade, ou pensa que já não fui fuçar o seu blog por alto? Vou ler tudo com mais calma outra hora... já devia estar dormindo a essa hora e ainda estou aqui...
Beijão e parabéns por essa fase da sua vida que com certeza deve ser mais que maravilhosa (vejo isso pela sua alegria aqui nos comentários... uahuahuahau)...
Um beijão e não suma, também não sumirei!
:)

irismiana disse...

Felicidades e muita saúde.
Eu não vou dar palpites porque não quero que me atire de um penhasco nem em pensamento kkkk brincadeira.
obrigada por teres passado no meu blog, espero ver-te por lá mais vezes e eu farei o mesmo.
Beijocas

Débora disse...

Oi querida, parabéns pelo bebê! Que venha com muita saúde!
Ng merece tanto palpite sem se solicitado, é demais! Do nada aparecem especialistas de tudo qto é área para opinar na sua vida. O negócio é desopilar e mandar catar coquinho rs
Bjs

silvioafonso disse...

Que bonito, mamãe. Um
beijo e boa hora para
a senhora, viu?

Tô seguindo seu blog
para saber mais de sua
felicidade.

Segue o meu também, tá?

Beijos,





.

Lola disse...

Rê!!!

Fiquei tão feliz que tu estás grávida :)
Gerar uma vida é empolgante e um tanto quanto maluco, até hoje (depois de quase 5 meses de Elena) me pego divagando sobre ela ter saído da minha barriga.
Quero postar mais no meu blog sobre maternidade, se a mocinha deixar e quero continuar te lendo.
Conta comigo!

Beijos, Lola.

Ane disse...

Hey, parabéns!
Tive uma gravidez.. e passou rápido, hoje o fruto ja fez 9 anos e ainda me lembro beeem da gravidez! Curta, porque é curta O.o